PJ deteve suspeito de ter ateado incêndio em armazém agrícola em Montalegre

A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve um agricultor de 33 anos suspeito de ter ateado um incêndio num armazém agrícola em Lamachã, Montalegre, anunciou hoje aquela força policial.

A PJ referiu, em comunicado, que o arguido está indiciado pelo crime de incêndio num armazém agrícola, na quarta-feira, que terá ateado por "motivos fúteis".

De acordo com os bombeiros de Montalegre, o fogo provocou "avultados prejuízos", tendo queimado cerca de 250 fardos de palha e várias alfaias agrícolas.

O alerta foi dado pela 01:30 de quarta-feira e para o local foram mobilizados 19 operacionais, entre bombeiros e GNR, e oito viaturas.

O homem foi detido pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real e vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.