Pelo menos dez mortos em confrontos numa prisão do Paraguai

Assunção, 17 jun 2019 (Lusa) - Dez reclusos morreram, no domingo, durante confrontos entre grupos rivais de narcotraficantes numa prisão do Paraguai, anunciou o Ministério do Interior paraguaio.

Estes confrontos, em que cinco detidos foram decapitados e três carbonizados, ocorreram na prisão de São Pedro, a 400 quilómetros a norte de Assunção.

Membros do Primeiro Comando da Capital (PCC), um grupo de traficantes de droga originário de São Paulo, no Brasil, e elementos do Clã Rotela, que integra narcotraficantes brasileiros e paraguaios, confrontaram-se naquela prisão, indicou o Ministério.

Os confrontos, que causaram também dez feridos, incluindo quatro em estado grave, começaram a meio do dia e prolongaram-se por cerca de três horas.

De acordo com os primeiros elementos do inquérito em curso, a violência está relacionado com o homicídio na sexta-feira de dois reclusos na cadeia de Tacumbu, em Assunção.

Exclusivos