Pelo menos 50 mortos após consumo de álcool adulterado na Índia

Pelo menos 50 pessoas morreram entre quinta e sexta-feira no nordeste da Índia devido ao consumo de álcool adulterado, indicaram as autoridades.

De acordo com um responsável da polícia local, Julie Sonowal, as vítimas eram, na sua maioria, trabalhadores de uma plantação de chá dos distritos de Golaghat e Jorhat, no estado de Assam, no nordeste do país.

Após o consumo de licores com metano, produto químico que ataca o sistema nervoso central, vários trabalhadores ficaram inconscientes e foram hospitalizados na quinta-feira.

Um dia depois, o número de mortos já havia ascendido aos 50, segundo o mesmo oficial. Há também várias feridos.

O caso acontece duas semanas depois de mais de cem pessoas morreram, também no norte da Índia, devido ao consumo adulterado de álcool. Foram detidas, então, cerca de 300 pessoas.

A ingestão de álcool ilegal e adulterado na Índia acontece geralmente em zonas rurais ou em áreas pobres das cidades devido ao baixo preço.

Ler mais

Exclusivos