Open da Austrália: Simona Halep vence Venus Williams e segue para os oitavos de final

A tenista romena Simona Halep qualificou-se hoje para os oitavos de final do Open da Austrália, primeiro 'Grand Slam' da temporada, ao bater a norte-americana Venus Williams em dois 'sets', por 6-2 e 6-3.

Halep, líder do 'ranking' mundial, não sentiu muitas difuculdades para superar a atual 36.ª classificada da hierarquia mundial, tendo vencido em apenas uma hora e 18 minutos.

Nos oitavos de final, a jogadora romena vai enfrentar o seu maior desafio até ao momento, ao medir forças com a outra irmã Williams, Serena, que ocupa o 16.º posto mundial e que persegue em Melbourne o seu 24.º título do 'Grand Slam'.

"Foi o meu melhor jogo no torneio. É sempre difícil jogar contra as irmãs Williams", disse Simona Halep, citada pela agência AFP, no final do encontro com Venus.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os aspirantes a populistas

O medo do populismo é tão grande que, hoje em dia, qualquer frase, ato ou omissão rapidamente são associados a este bicho-papão. E é, de facto, um bicho-papão, mas nem tudo ou todos aqueles a quem chamamos de populistas o são de facto. Pelo menos, na verdadeira aceção da palavra. Na semana em que celebramos 45 anos de democracia em Portugal, talvez seja importante separarmos o trigo do joio. E percebermos que há políticos com quem podemos concordar mais ou menos e outros que não passam de reles cópias dos principais populistas mundiais, que, num fenómeno de mimetismo - e de muito oportunismo -, procuram ocupar um espaço que acreditam estar vago entre o eleitorado português.