Open da Austrália: Serena Williams qualifica-se para os oitavos de final

A norte-americana Serena Williams, que procura igualar os 24 títulos do 'Grand Slam' da australiana Margaret Court, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Open da Austrália, ao bater a ucraniana Dayana Yastremska.

A mais jovem das irmãs Williams, que já ganhou por sete vezes em Melbourne Park (2003, 2005, 2007, 2009, 2010, 2015 e 2017) precisou de pouco mais de uma hora para vencer Yastremska, 59.ª da tabela WTA, por 6-2 e 6-1.

Na quarta ronda, Serena, de 37 anos e atual 16.ª do 'ranking', irá medir forças com a sua irmã Venus Williams, de 38 anos e 36 da hierarquia mundial, ou a romena Simona Halep, líder da classificação feminina.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os aspirantes a populistas

O medo do populismo é tão grande que, hoje em dia, qualquer frase, ato ou omissão rapidamente são associados a este bicho-papão. E é, de facto, um bicho-papão, mas nem tudo ou todos aqueles a quem chamamos de populistas o são de facto. Pelo menos, na verdadeira aceção da palavra. Na semana em que celebramos 45 anos de democracia em Portugal, talvez seja importante separarmos o trigo do joio. E percebermos que há políticos com quem podemos concordar mais ou menos e outros que não passam de reles cópias dos principais populistas mundiais, que, num fenómeno de mimetismo - e de muito oportunismo -, procuram ocupar um espaço que acreditam estar vago entre o eleitorado português.