Obras de requalificação da Pousada da Juventude de Braga já arrancaram

As obras de requalificação da Pousada da Juventude de Braga já arrancaram com o objetivo de "aumentar a capacidade de alojamento para cumprir com as expectativas de atração" da cidade, anunciou hoje a autarquia.

Em comunicado enviado à Lusa, a Câmara Municipal de Braga esclarece que o prazo de execução da empreitada é de "aproximadamente dez meses", representando um investimento de 1,4 milhões de euros.

Segundo a autarquia, a intervenção no edifício, que fica na rua de Santa Margarida, pretender dotar a Pousada da Juventude de capacidade para acolher até 100 utentes, disponibilizando um total de 27 quartos equipados com instalações sanitárias privativas, sendo quatro quartos do tipo duplo, 21 quartos também duplos e quádruplos, um triplo e uma camarata com possibilidade de até seis camas em beliche.

A Câmara recorda que o protocolo assinado com o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) e a Movijovem prevê a atribuição da gestão da Pousada da Juventude ao município pelo prazo de 30 anos, comprometendo-se a autarquia a realizar as obras de reabilitação do imóvel.

"A exploração e dinamização do equipamento será da responsabilidade da InvestBraga, empresa municipal vocacionada para a dinamização económica", lê-se.

Para a autarquia, "a remodelação tem como principal objetivo aumentar a sua capacidade de alojamento para cumprir com as expectativas de atração de Braga e cumprir com os critérios inerentes aos protocolos e funcionamento do Centro de Juventude", bem como rejuvenescer a imagem atual da Pousada, que é "pouco apelativa e desfasada dos cânones atuais de conforto".

O novo Centro de Juventude, que inclui a Pousada da Juventude, manterá em complemento os mesmos serviços de apoio já antes instalados no edifício: os serviços descentrados do IPDJ, a Agência Nacional Erasmus +, Juventude em Ação e a Loja Ponto JÁ.

Ler mais

Exclusivos