Morreu o economista José Manuel Rolo aos 77 anos

O economista e investigador José Manuel Rolo morreu, na sexta-feira, na ilha Cristina, em Ayamonte, Espanha, aos 77 anos, foi hoje comunicado pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

Natural de Ílhavo, distrito de Aveiro, José Manuel Rolo licenciou-se em Economia na Faculdade de Economia da Universidade do Porto e doutorou-se também na mesma área no Instituto Superior de Economia da Universidade Técnica de Lisboa (ISE-UTL), onde, mais tarde, foi professor universitário.

José Manuel Rolo foi ainda investigador coordenador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, onde exerceu funções de presidente do Conselho Diretivo e investigador do ISCTE -- Instituto Universitário de Lisboa.

Como autor, publicou obras científicas sobre transferência de tecnologia, com especial incidência na análise da componente tecnológica estrangeira da indústria transformadora portuguesa, bem como no estudo da cooperação e do desenvolvimento, nomeadamente, em programas europeus de ajuda ao desenvolvimento.

Recentemente, incidiu a sua pesquisa sobre a crise financeira internacional e as políticas públicas de resposta à crise e sobre a produção e venda de armas a nível mundial.

A par do percurso académico, o economista exerceu funções de consultor em departamentos do Estado e de vários Governos de Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP's).

José Manuel Rolo foi também diretor do gabinete de assistência técnica do Programa ALFA da Comissão Europeia (CE) e do programa INCO.

O investigador foi ainda membro de vários grupos de trabalho da CE de apoio ao desenvolvimento em África e ao ensino superior na América Latina.

Em comunicado, o antigo presidente do Conselho Diretivo do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, Manuel Villaverde Cabral, recordou José Manuel Rolo como "uma presença amiga e vivaz em todas as ocasiões institucionais".

O velório realiza-se na terça-feira, pelas 17:00, na Igreja do Campo Grande, em Lisboa.

Na quarta-feira vai celebrar-se a missa de corpo presente, pelas 14:30, seguindo-se a cerimónia de cremação, às 16:00, no Crematório de cascais.

Ler mais

Exclusivos