Málaga oficializa contratação de Alberto Bueno, por empréstimo do FC Porto

O Málaga anunciou hoje a contratação do futebolista espanhol Alberto Bueno, por empréstimo do FC Porto, até final da temporada, com o avançado a começar os treinos na nova equipa.

O negócio, que já tinha sido noticiado na imprensa dos dois países, ficou finalizado na noite de segunda-feira, segundo fontes do Málaga, entre o presidente do clube, Abdullah Al-Thani, e o jogador.

Bueno, que não teve sucesso nos 'dragões' depois de ter sido contratado em 2015/16, vai para o terceiro empréstimo, depois de em 2016/17 ter jogado no Granada (15 jogos, um golo) e no Leganés (11 jogos, um golo).

O avançado de 29 anos já treinou com os novos colegas e é a terceira contratação dos malaguenhos no mercado de inverno, depois de Ignasi Miquel (Lugo) e do chileno Manuel Iturra (Necaxa).

O próximo jogo do lanterna-vermelha da Liga espanhola é em casa do Getafe, na sexta-feira, no qual a formação de Míchel pretende pôr cobro a uma série de três derrotas consecutivas, numa temporada em que venceram apenas três encontros para o campeonato.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Viriato Soromenho Marques

Quem ameaça a União Europeia?

Em 2017, os gastos com a defesa nos países da União Europeia tiveram um aumento superior a 3% relativamente ao ano anterior. Mesmo em 2016, os gastos militares da UE totalizaram 200 mil milhões de euros (1,3% do PIB, ou o dobro do investimento em proteção ambiental). Em termos comparativos, e deixando de lado os EUA - que são de um outro planeta em matéria de defesa (o gasto dos EUA é superior à soma da despesa dos sete países que se lhe seguem) -, a despesa da UE em 2016 foi superior à da China (189 mil milhões de euros) e mais de três vezes a despesa da Rússia (60 mil milhões, valor, aliás, que em 2017 caiu 20%). O que significa então todo este alarido com a necessidade de aumentar o esforço na defesa europeia?