LE: Benfica - Galatasaray (declarações)

Declarações à Sport TV, após o jogo Benfica - Galatasaray (0-0), da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol, disputado hoje em Lisboa:

Bruno Lage (treinador do Benfica): "[Golo anulado ao Galatasaray] Estamos alinhados, tentamos sempre evitar que haja cruzamento. Saiu cruzamento, mas vejo a equipa alinhada. São situações que acontecem. Criaram uma oportunidade de real valor nos 90 minutos, nós tivemos várias oportunidades.

Eventualmente com o golo [que foi anulado] ainda seríamos nós a seguir em frente, por isso, estou satisfeito com aquilo que a equipa fez. Criámos várias oportunidades de golo. O jogo com golo, quer de um lado, quer do outro, seria logo diferente. Em função daquilo que foi a primeira parte e a entrada muito forte na segunda, sente-se que a partir dos 20 minutos não há um risco enorme do Galatasaray. Tirou um médio e passou do 4-3-3 para o 4-4-2, nós respondemos, continuámos sólidos e compactos.

Quando não um grande risco do lado do adversário e tu vais ficando com o jogo controlado, é preferível naquele momento não dar a transição ao adversário e foi isso que nós fizemos.

[O próximo adversário] É igual".

Pizzi (jogador do Benfica): "[Seguir em frente] Era o nosso principal objetivo. Queríamos vencer, queríamos, mas não foi possível. A equipa fez uma exibição segura desde o primeiro momento. Acho que fomos fortes, agressivos e tivemos o jogo sempre bastante controlado.

Eles praticamente não criaram oportunidades de golo e a verdade é que é uma passagem justa da nossa parte e estamos todos de parabéns pelo trabalho que fizemos.

São jogos de três em três dias, mas é isso que um jogador gosta: jogar, estar sempre em competição. É melhor jogar do que treinar e estamos muito felizes por termos conseguido a passagem.

Agora, é recuperar, descansar bem e pensar já no jogo de segunda-feira.

[Grande campanha europeia?] É legítimo é os adeptos pensarem que os jogadores vão estar amanhã já a trabalhar para o próximo jogo, a dar o máximo a cada treino e a cada jogo. Isto é uma competição longa, vamos pensar jogo a jogo, eliminatória a eliminatória".

André Almeida (jogador do Benfica): "[Justa a passagem do Benfica] Penso que sim. O Benfica fez uma excelente partida hoje, como já tinha feito na semana passada. Soubemos controlar a maior parte do jogo, tivemos as nossas oportunidades e penso que a passagem é justa.

Estamos a jogar contra um adversário de muita qualidade e é normal eles terem o ascendente do jogo nalgumas fases, mas penso que a maior parte do jogo o Benfica esteve por cima e tivemos as nossas oportunidades para fazer golo. Felizmente conseguimos o que queríamos que era o apuramento para a fase seguinte.

O Benfica está focado jogo a jogo e o nosso foco agora é recuperar o mais rápido possível para o jogo de segunda-feira com o Chaves. A gente quer é muitos jogos, dar o melhor por este clube e chegar o mais longe possível em todas as competições. Somos cerca de 25 ou 26, não tenho bem a certeza, e todos têm dado um contributo excelente e certamente será assim até ao fim da época.

[Integração dos mais jovens] É uma integração normal, são jogadores de qualidade e têm-no provado dentro de campo. E são mais uns para ajudar".

Ferro (jogador do Benfica): "O jogo correu bem. Vínhamos com um resultado positivo da primeira mão e sabíamos que tínhamos que fazer um jogo muito semelhante ao da primeira mão. Acabámos por não conseguir a vitória, mas penso que o mais importante foi passar a eliminatória e conseguimos.

Já no jogo lá conseguimos controlar bem, apesar de eles terem oportunidades, assim como nós temos as nossas. Mas penso que estamos a defender bem e compactos e isso é o mais importante.

Vamos jogo a jogo, há o sorteio amanhã e vamos ver quem é que vem. Quem vier é para encarar o jogo da mesma maneiro que encarámos este.

Tenho uns colegas fantásticos que me ajudaram a integrar na equipa. Não senti pressão nenhuma. Não é pressão jogar neste estádio e neste clube".

Florentino (jogador do Benfica): "É sempre bom estar diante do apoio dos nossos adeptos, isso motiva sempre. E dá-nos energia para conseguirmos os nossos objetivos. O mais importante está conseguido, que era a passagem para a fase seguinte. Nós tentámos marcar golos. Acho que tivemos mais oportunidades do que o Galatasaray, mas não conseguimos. O empate chegou e estamos contentes pela passagem à próxima fase.

As condições e as oportunidades que existem na formação são muito boas e fazem com que cheguemos à equipa principal mais preparados. É muito bom saber que o Benfica aposta nos jovens e nós estamos aqui para defender o emblema.

Nós agora estamos focados no próximo jogo. Vamos treinar e jogar contra o Chaves. Vou esperar pelas minhas oportunidades. Se for para o banco, para o relvado ou para a bancada é igual. Estou motivado para ajudar a equipa".

Marcão (jogador do Galatasaray): "[Eliminação] O nosso objetivo não era esse, era de conseguir passar para a próxima fase. Mas, se olharmos para o jogo, acho que conseguimos dominar bem o Benfica, mas infelizmente não conseguimos marcar golos.

Agora é descansar, temos muitos jogos da liga turca, e o ano que vem queremos a Liga dos Campeões.

[Benfica superior no conjunto da eliminatória?] Acho que não. Na Turquia tivemos posse de bola, tivemos sempre em cima deles, mas infelizmente tivemos alguns erros. Aqui já foi um jogo melhor, mas infelizmente não conseguimos.

[Golo anulado] É complicado, mas agora não vai voltar atrás. Acho que fomos de novo prejudicados pelo árbitro".

Mariano (jogador do Galatasaray): "A gente sabia que ia ser um jogo complicado, um jogo difícil. Infelizmente, na nossa casa não saímos vitoriosos e viemos jogar aqui com um 'placard' adverso. Tínhamos que fazer dois golos e não 'tomar' golos.

Mas a equipa portou-se bem. Infelizmente, faltou o golo, mas tivemos oportunidades. Agora, é esquecer este jogo e bola para a frente. Sorte para o Benfica".

Exclusivos