LD Maputo pode encurtar distância para o líder Ferroviário de Maputo

A LD Maputo, segunda classificada no campeonato moçambicano de futebol, joga no sábado diante do Desportivo de Nacala, 12.º, e pode encurtar à distância para o líder, o Ferroviário de Maputo, que joga na quarta-feira.

Caso vença o jogo de sábado, a LD Maputo passará a somar 37, contra 38 do Ferroviário de Maputo, que enfrenta na quarta-feira a UP Manica, 11.ª classificada, com 23 pontos.

Outra equipa que pode diminuir a distância em relação ao líder do 'Moçambola' é o Textáfrica, terceiro classificado, com 34 pontos, que vai defrontar o Maxaquene, sétimo, com 30 pontos.

Programa da 21ª jornada:

- Sábado, 11 ago:

LD Maputo - Desportivo de Nacala

Textáfrica - Maxaquene

- Domingo, 12 ago:

Songo - Costa do Sol

Ferroviário de Nampula - Incomáti

Chibuto - ENH Vilankulo

Ferroviário de Nacala - Sporting de Nampula

Ferroviário da Beira - 1º de Maio de Quelimane

- Quarta-feira, 15 ago:

Ferroviário de Maputo - UP Manica

Classificação:

1.Ferroviário de Maputo, 38

2.LD Maputo, 34

3.Textáfrica, 34

4.Songo, 33

5.Ferroviário de Nampula, 32

6.Chibuto, 32

7. Maxaquene, 30

8. Costa do Sol, 25

9. Ferroviário da Beira, 23

10. ENH, 23

11. UP Manica, 23

12. Desportivo de Nacala, 22

13. 1º de Maio de Quelimane, 22

14. Ferroviário de Nacala, 22

15. Incomáti, 20

16. Sporting de Nampula, 13

Ler mais

Exclusivos

Adolfo Mesquita Nunes

Premium Derrotar Le Pen

Marine Le Pen não cativou mais de dez milhões de franceses, nem alguns milhões mais pela Europa fora, por ter sido estrela de conferências ou por ser visita das elites intelectuais, sociais ou económicas. Pelo contrário, Le Pen seduz milhões de pessoas por ter sido excluída desse mundo: é nesse pressuposto, com essa medalha, que consegue chegar a todos aqueles que, na sequência de uma crise internacional e na vertigem de uma nova economia digital, se sentem excluídos, a ficar para trás, sem oportunidades.

Adolfo Mesquita Nunes

Premium Derrotar Le Pen

Marine Le Pen não cativou mais de dez milhões de franceses, nem alguns milhões mais pela Europa fora, por ter sido estrela de conferências ou por ser visita das elites intelectuais, sociais ou económicas. Pelo contrário, Le Pen seduz milhões de pessoas por ter sido excluída desse mundo: é nesse pressuposto, com essa medalha, que consegue chegar a todos aqueles que, na sequência de uma crise internacional e na vertigem de uma nova economia digital, se sentem excluídos, a ficar para trás, sem oportunidades.

João Taborda da Gama

Premium Temos tempo

Achamos que temos tempo mas tempo é a única coisa que não temos. E o tempo muda a relação que temos com o tempo. Começamos por não querer dormir, passamos a só querer dormir, e por fim a não conseguir dormir ou simplesmente a não dormir, antes de passarmos o resto do tempo a dormir, a dormir com os peixes. A última fase pode conjugar noites claras e tardes escuras, longas sestas de dia com um dormitar de noite. Disse-me um dia o meu barbeiro que os velhotes passam a noite acordados para não morrerem de noite, e se ele disse é porque é.

João Taborda da Gama

Premium Temos tempo

Achamos que temos tempo mas tempo é a única coisa que não temos. E o tempo muda a relação que temos com o tempo. Começamos por não querer dormir, passamos a só querer dormir, e por fim a não conseguir dormir ou simplesmente a não dormir, antes de passarmos o resto do tempo a dormir, a dormir com os peixes. A última fase pode conjugar noites claras e tardes escuras, longas sestas de dia com um dormitar de noite. Disse-me um dia o meu barbeiro que os velhotes passam a noite acordados para não morrerem de noite, e se ele disse é porque é.