Juros da dívida de Portugal caem a dois, cinco e dez anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje de manhã a cair a dois, cinco e dez anos em relação a segunda-feira, alinhados com os de Espanha, Grécia e Itália.

Cerca das 08:30 em Lisboa, os juros a dez anos estavam a recuar para 1,643%, contra 1,651% na segunda-feira.

No prazo de cinco anos, os juros também estavam a descer, para 0,411%, contra 0,423% na véspera.

No mesmo sentido, os juros a dois anos desciam para -0,224%, contra -0,214% na segunda-feira.

Os juros da Irlanda desciam a cinco anos e subiam a dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:30:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

12/02......-0,224....0,411......1,643

11/02......-0,214....0,423......1,651

Grécia

12/02.......n.disp...3,335......3,984

11/02.......n.disp...3,355......3,996

Irlanda

12/02......n.disp....0,083......0,897

11/02......n.disp....0,085......0,896

Itália

12/02.......0,528....1,882......2,865

11/02.......0,582....1,931......2,897

Espanha

12/02......-0,254....0,219......1,231

11/02......-0,244....0,227......1,239

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

"Petróleo, não!" Nesta semana já estivemos perto

1. Uma coisa é termos uma vaga ideia de quão estupidamente dependemos dos combustíveis fósseis. Outra, vivê-la em concreto. Obrigado aos grevistas. A memória perdida sobre o "petróleo" voltou. Ficou a nu que temos de fugir dos senhores feudais do Médio Oriente, das oligopolísticas, campanhas energéticas com preços afinados ao milésimo de euro e, finalmente, deste tipo de sindicatos e associações patronais com um poder absolutamente desproporcionado.