Juros da dívida de Portugal caem a dez anos para mínimos desde agosto

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje de manhã a subir a dois e cinco anos e a descer a dez anos, para níveis mínimos desde agosto, em relação a sexta-feira.

Cerca das 08:45 em Lisboa, os juros a dez anos estavam a recuar para 1,552%, um mínimo de seis meses, contra 1,558% na sexta-feira.

No prazo de cinco anos, os juros estavam a subir para 0,358%, contra 0,356% no final da semana passada.

No mesmo sentido, os juros a dois anos subiam para -0,244%, contra -0,245% na sexta-feira.

Os juros de Espanha desciam a dois e dez anos e subiam a cinco anos, enquanto os da Grécia e da Itália desciam em todos os prazos. Os juros da Irlanda avançavam a cinco anos e mantinham-se a dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:45:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

18/02......-0,244....0,358......1,552

15/02......-0,245....0,356......1,558

Grécia

18/02.......n.disp...3,186......3,792

15/02.......n.disp...3,203......3,803

Irlanda

18/02......n.disp....0,077......0,856

15/02......n.disp....0,075......0,856

Itália

18/02.......0,393....1,725......2,768

15/02.......0,422....1,751......2,796

Espanha

18/02......-0,266....0,216......1,231

15/02......-0,262....0,215......1,235

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Exclusivos

Premium

Crónica de Televisão

Os índices dos níveis da cadência da normalidade

À medida que o primeiro dia da crise energética se aproximava, várias dúvidas assaltavam o espírito de todos os portugueses. Os canais de notícias continuariam a ter meios para fazer directos em estações de serviço semidesertas? Os circuitos de distribuição de vox pop seriam afectados? A língua portuguesa resistiria ao ataque concertado de dezenas de repórteres exaustos - a misturar metáforas, mutilar lugares-comuns ou a começar cada frase com a palavra "efectivamente"?

Premium

Margarida Balseiro Lopes

O voluntariado

A voracidade das transformações que as sociedades têm sofrido nos últimos anos exigiu ao legislador que as fosse acompanhando por via de várias alterações profundas à respetiva legislação. Mas há áreas e matérias em que o legislador não o fez e o respetivo enquadramento legal está manifestamente desfasado da realidade atual. Uma dessas áreas é a do voluntariado. A lei publicada em 1998 é a mesma ao longo destes 20 anos, estando assim obsoleta perante a realidade atual.