Jorge Lima e José Costa caem para 18.º em 49er nos Mundiais de vela

Jorge Lima e José Costa cairam hoje de sexto para 18.º após as regatas realizadas em 49er nos Mundiais de vela de classes olímpicas, que decorrem em Aarhus, Dinamarca.

Sextos posicionados em 49er na quarta-feira, dia em que não houve regata, os velejadores lusos eram os portugueses mais bem posicionados em Aarhus.

Já Diogo Costa e Pedro Costa, que estavam já afastados da regata das medalhas, terminaram hoje em 36.º lugar da geral as regatas realizadas em 470 masculino.

No 470 feminino, Mafalda Pires de Lima e Mariana Lobato sofreram uma desclassificação e prosseguem em 42.º.

Em Laser Radial, Carolina João está no 72.º posto, enquanto Eduardo Marques subiu ao 68.º no Laser. Mais atrás, Santiago Sampaio caiu de 100.º para 104.º e Tomás Pires de Lima caiu 10 lugares, de 123.º para 133.º.

Ler mais

Premium

João Gobern

Há pessoas estranhas. E depois há David Lynch

Ganha-se balanço para o livro - Espaço para Sonhar, coassinado por David Lynch e Kristine McKenna, ed. Elsinore - em nome das melhores recordações, como Blue Velvet (Veludo Azul) ou Mulholland Drive, como essa singular série de TV, com princípio e sempre sem fim, que é Twin Peaks. Ou até em função de "objetos" estranhos e ainda à procura de descodificação definitiva, como Eraserhead ou Inland Empire, manifestos da peculiaridade do cineasta e criador biografado. Um dos primeiros elogios que ganha corpo é de que este longo percurso, dividido entre o relato clássico construído sobretudo a partir de entrevistas a terceiros próximos e envolvidos, por um lado, e as memórias do próprio David Lynch, por outro, nunca se torna pesado, fastidioso ou redundante - algo que merece ser sublinhado se pensarmos que se trata de um volume de 700 páginas, que acompanha o "visado" desde a infância até aos dias de hoje.