Jorge Lima e José Costa caem para 18.º em 49er nos Mundiais de vela

Jorge Lima e José Costa cairam hoje de sexto para 18.º após as regatas realizadas em 49er nos Mundiais de vela de classes olímpicas, que decorrem em Aarhus, Dinamarca.

Sextos posicionados em 49er na quarta-feira, dia em que não houve regata, os velejadores lusos eram os portugueses mais bem posicionados em Aarhus.

Já Diogo Costa e Pedro Costa, que estavam já afastados da regata das medalhas, terminaram hoje em 36.º lugar da geral as regatas realizadas em 470 masculino.

No 470 feminino, Mafalda Pires de Lima e Mariana Lobato sofreram uma desclassificação e prosseguem em 42.º.

Em Laser Radial, Carolina João está no 72.º posto, enquanto Eduardo Marques subiu ao 68.º no Laser. Mais atrás, Santiago Sampaio caiu de 100.º para 104.º e Tomás Pires de Lima caiu 10 lugares, de 123.º para 133.º.

Ler mais

Exclusivos

Adolfo Mesquita Nunes

Premium Derrotar Le Pen

Marine Le Pen não cativou mais de dez milhões de franceses, nem alguns milhões mais pela Europa fora, por ter sido estrela de conferências ou por ser visita das elites intelectuais, sociais ou económicas. Pelo contrário, Le Pen seduz milhões de pessoas por ter sido excluída desse mundo: é nesse pressuposto, com essa medalha, que consegue chegar a todos aqueles que, na sequência de uma crise internacional e na vertigem de uma nova economia digital, se sentem excluídos, a ficar para trás, sem oportunidades.

João Taborda da Gama

Premium Temos tempo

Achamos que temos tempo mas tempo é a única coisa que não temos. E o tempo muda a relação que temos com o tempo. Começamos por não querer dormir, passamos a só querer dormir, e por fim a não conseguir dormir ou simplesmente a não dormir, antes de passarmos o resto do tempo a dormir, a dormir com os peixes. A última fase pode conjugar noites claras e tardes escuras, longas sestas de dia com um dormitar de noite. Disse-me um dia o meu barbeiro que os velhotes passam a noite acordados para não morrerem de noite, e se ele disse é porque é.