João Machado, ex-líder da CAP, recebeu Medalha de Honra da Agricultura em jantar de homenagem

O ex-presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal João Machado recebeu hoje a Medalha de Honra da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural durante um jantar de homenagem, na Feira Nacional da Agricultura, que decorre em Santarém até domingo.

Criada em 1999 para "reconhecer publicamente e distinguir pessoas ou organizações que, de forma particularmente dedicada e empenhada, através da sua ação continuada, contribuem ou contribuíram para o desenvolvimento e valorização do mundo rural", a medalha foi entregue a João Machado pelo ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Luís Capoulas Santos.

No despacho que determina a distinção, Capoulas Santos refere o mérito de João Machado "enquanto personalidade de indiscutível relevância para o desenvolvimento da agricultura nacional", facto reconhecido com a atribuição da Grã-Cruz da Ordem de Mérito Agrícola, em 2006, pelo Presidente da República.

"Personalidade marcante da agricultura portuguesa nas últimas décadas, João Machado foi, enquanto dirigente do setor, um parceiro ativo na defesa dos agricultores e da agricultura nacional, que muito contribuiu para dignificar o papel social desta atividade empresarial, bem como das suas entidades representativas", afirma.

O ministro refere ainda o papel do ex-dirigente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) como "porta-voz de reivindicações setoriais e promotor do associativismo agrícola", bem como "na defesa dos interesses nacionais a nível europeu".

Presidente da CAP nos últimos 18 anos, João Machado decidiu não concorrer à eleição dos órgãos sociais para o triénio 2017 a 2020, realizada no passado dia 19 de abril, tendo sido substituído no cargo por Eduardo Oliveira e Sousa.