Housers entra em Portugal onde prevê captar 3,5 ME de investimento

A plataforma de financiamento imobiliário participativa Housers vai operar em Portugal, onde prevê captar 11.000 utilizadores num ano e um investimento de 3,5 milhões de euros para financiar a compra de 10 a 15 imóveis em Lisboa e Porto.

Num comunicado, a empresa explica que abriu uma delegação em Lisboa e que em Portugal replicará o modelo de negócio implantado em Itália, país onde opera desde maio.

"A expansão para Portugal é um passo importante na nossa estratégia a médio prazo para nos convertermos na primeira comunidade de financiamento participativo do sector imobiliário do sul da Europa", segundo o sócio fundador da Housers Álvaro Luna.

No comunicado, a Housers sublinha que já tem 68.000 utilizadores que investiram 32 milhões de euros em 167 imóveis.

A plataforma tem como objetivo alcançar 100.000 utilizadores antes do fim deste ano, bem como superar os 45 milhões de euros de investimento em imóveis em Espanha e Itália.

Ler mais

Exclusivos

Premium

educação

O que há de fascinante na Matemática que os fez segui-la

Para Henrique e Rafael, os números chegaram antes das letras e, por isso, decidiram que era Matemática que seguiriam na universidade, como alunos do Instituto Superior Técnico de Lisboa. No dia em que milhares de alunos realizam o exame de Matemática A, estes jovens mostram como uma área com tão fracos resultados escolares pode, afinal, ser entusiasmante.