Habitantes de todas as freguesias de Bragança vão voar no Careto AirShow

O festival aéreo Careto AirShow vai dar a oportunidade, em julho, a um habitante de cada uma das 39 freguesias do concelho de Bragança de voar num evento que alia aventura e solidariedade, divulgou hoje a organização.

O festival é organizado há dois anos pelo Aeroclube de Bragança e à segunda edição, programada para o primeiro fim de semana de julho, dias 07 e 08, foi acrescentando o fator "vintage" com a presença, entre as mais de cem aeronaves esperadas, de cerca de 40 exemplares de modelos das grandes guerras.

Às acrobacias nos ares juntam-se em terra automóveis e motas antigas em passeios organizados pelo Nordeste Automóvel Clube (NAC) e os Gentlemens Rider Bragança, além da solidariedade que, nesta edição, contempla uma instituição que acolhe crianças em risco, a Obra Kolping de Bragança.

O aeródromo de Bragança será o palco do festival, que tem também a parceria da câmara municipal com um apoio de 11.500 euros aos 35 mil euros de investimento, que o presidente do Aeroclube, Nuno Miguel Fernandes, estima tenham um retorno para a cidade de "100 mil euros".

Ao longo dos dois dias estão previstas acrobacias e demonstrações aéreas, com os típicos mascarados transmontanos, os Caretos, que dão nome ao festival, a saltarem de paraquedas, além de outras atividades como aeromodelismo, abertas à população.

Os promotores oferecem, mais um ano, batismos de voo, que nesta edição vão contemplar um habitante de cada uma das 39 freguesias do concelho de Bragança, assim como 12 reclusos do Estabelecimento Prisional de Bragança, sendo a seleção feita pelo critério que abrange aqueles que de outra forma nunca teriam a possibilidade de voar, como explicou a organização.

A vertente solidária está também presente e este ano a contemplada é a Obra Kolping de Bragança, que acolhe 25 crianças e jovens em risco e mais 15 em jardim de infância.

Com a venda de bilhetes e de material alusivo ao festival, a instituição de solidariedade social tem já garantida a verba necessária para remodelar o mobiliário do refeitório onde os utentes fazem as refeições.

A organização espera "dez mil pessoas durante os dois dias do evento" que alcançou já estatuto ibérico, como realçou o presidente do aeroclube, com a presença de vizinhos espanhóis.

Exclusivos