Guiné-Bissau vai fazer tudo para dignificar bandeira e Nação na CAN2019

Bissau, 17 jun 2019 (Lusa) - O selecionador de futebol da Guiné-Bissau, Baciro Candé, disse hoje que a sua equipa vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para dignificar a bandeira e o país na Taça Africana das Nações (CAN2019).

"Vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para dignificar a nossa bandeira e Nação", afirmou Baciro Candé.

O selecionador guineense falava aos jornalistas no final de uma cerimónia na Presidência da República, durante a qual o chefe de Estado, José Mário Vaz, entregou a bandeira do país ao futebolista Zezinho.

"A seleção está preparadíssima. Sabemos das dificuldades, e responsabilidades que temos acrescidas, mas tudo faremos para vir de cabeça bem levantada e com o nosso país bem representado", salientou o treinador.

A equipa viaja hoje ao final do dia para o Egito, palco da CAN2019, de 21 de junho e 19 de julho.

Na CAN2019, a Guiné-Bissau está no Grupo F e estreia-se na competição em 25 de junho, contra os Camarões, jogando depois, no dia 27, com o Benin, e em 02 de julho, com o Gana.

Lista dos 23 convocados da Guiné-Bissau:

- Guarda-redes: Jonas Mendy (Académico de Viseu/Por), Rui Dabó (Fabril/Por) e Edimar Vieira Cá (UDIB).

- Defesas: Rudinilson Silva (Zalgiris Kaunas/Lit), Marcelo Djaló (Fulham/Ing), Juary Soares (Mafra/Por), Mamadú Candé (Santa Clara/Por), Tomás Dabó (FC Rieti/Ita), Nanú (Marítimo/Por) e Nadjack (Rio Ave/Por).

- Médios: Sori Mané (Cova da Piedade/Por), Pelé (Mónaco/Fra), Zezinho (FC Senica/Svq)), Bura (Desportivo das Aves/Por), João Jaquité (Tondela/Por) e Moreto Cassamá (Stade de Reims/Fra).

- Avançados: Jorginho (CSKA Sofia/Bul), Piqueti Djassi (Al Shoalah FC/Ara), Toni Silva (Ittihad Alexandria/Egi), Mama Baldé (Desportivo das Aves/Por), Romário Baldé (Académica de Coimbra/Por), Frédéric Mendy (Vitória de Setúbal/Por) e Joseph Mendes (Ajaccio/Fra).

Exclusivos