GNR deteve dez homens por posse de armas proibidas em Fornos de Algodres

Fornos de Algodres, Guarda, 12 jun 2019 (Lusa) - A GNR anunciou hoje a detenção de dez homens, com idades entre 46 e 86 anos, por posse de armas proibidas e de explosivos, no concelho de Fornos de Algodres, distrito da Guarda.

Segundo um comunicado do Comando Territorial da GNR da Guarda, os suspeitos foram detidos na terça-feira, através do Destacamento Territorial de Gouveia, no seguimento de uma investigação que decorria desde 2017, por crime de detenção de arma proibida.

Durante a operação, a GNR apreendeu 730 munições de diversos calibres, dez detonadores pirotécnicos, 70 metros de cordão lento, 52 metros de cordão detonante, três 'sticks' de explosivo gelamonite, 1,2 quilogramas de pólvora, cinco espingardas, duas pistolas, uma carabina, uma pistola de alarme, cinco carregadores para munições, um sabre e uma faca de abertura automática.

A GNR adianta na nota que deu cumprimento a 16 mandados de busca domiciliária e a 18 mandados de busca não domiciliária, em residências, anexos e veículos.

A ação contou com a participação de militares de diversas valências da GNR, nomeadamente Territorial, Investigação Criminal, Cinotecnia e Inativação de Engenhos Explosivos.

Os dez detidos vão ser presentes, na quinta-feira, a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial da Comarca de Gouveia, para aplicação das eventuais medidas de coação.

Ler mais

Exclusivos