Galp paga dividendo remanescente de 2018 a partir de 09 de maio

Redação, 18 abr 2019 (Lusa) -- A Galp anunciou hoje que vai pagar o dividendo remanescente relativo ao exercício de 2018, de 0,3575 euros, a partir de 09 de maio.

Os acionistas da Galp aprovaram um dividendo relativo a 2018 de 0,6325 euros por ação durante a assembleia-geral (AG) do grupo, realizada no dia 12 de abril, lembra a empresa em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), recordou também que, em 20 de setembro do ano passado, pagou um dividendo intercalar de 0,275 euros por ação.

Na mesma nota, o grupo dá conta de que, a partir de 09 de maio, irá pagar a "parte remanescente do dividendo relativo ao exercício de 2018", por um valor ilíquido de 0,3575 euros por ação.

No dia 12 de abril, a Galp anunciou também que a AG tinha aprovado a eleição dos membros para o Conselho de Administração, mantendo Paula Amorim na liderança para o quadriénio 2019-2022.

De acordo com a informação disponibilizada na página de internet da petrolífera, o Conselho de Administração continua a ser presidido por Paula Amorim, sendo que a vice-presidência cabe a Miguel Athayde Marques.

Deste órgão fazem igualmente parte, entre outros, Carlos Gomes da Silva, Filipe Crisóstomo Silva, Thore E. Kristiansen, Carlos Costa Pina, José Carlos da Silva Costa e Sofia Fernandes Tenreiro.

O lucro da Galp aumentou 23% para os 707 milhões de euros em 2018 face ao ano anterior, impulsionado pela entrada em operação de novas plataformas de exploração de petróleo e gás natural no Brasil, anunciou a petrolífera em fevereiro.

Em comunicado ao mercado, a Galp Energia informou que o resultado líquido anual ajustado totalizou 707 milhões de euros, 23% acima do registado em 2017, tendo aumentado 24%, para 741 milhões de euros, de acordo com as normas contabilísticas internacionais (IFRS).

No quarto trimestre de 2018, o lucro diminuiu 42% em termos homólogos, para os 109 milhões de euros (44 milhões de euros em IFRS).

Ler mais

Exclusivos