Futebol: I Liga / Tondela - FC Porto (Declarações)

Declarações após o jogo Tondela-FC Porto (0-3), da 23.ª jornada da I Liga de futebol, disputado na sexta-feira em Tondela:

Sérgio Conceição (treinador do FC Porto): "Foi um jogo muito bem conseguido da minha equipa. Interpretaram na íntegra aquilo que foi preparado para o jogo, em termos estratégicos. Estou feliz por isso, porque, de uma forma um bocadinho diferente do que é habitual, conseguimos criar muitas situações de golo.

Fizemos um jogo muito bom, muito acima da média, e parabéns aos jogadores, porque, com todas as dificuldades que tínhamos - com muita gente de fora -, disseram 'presentes'. Há aqui gente com muita vontade de jogar e isso é muito demonstrativo daquilo que é o espírito do balneário.

Sabíamos que tínhamos uma equipa um bocadinho diferente do que era habitual. Jogámos de uma forma mais apoiada, explorando aquilo que eram os corredores laterais, principalmente com um grande sentido posicional e inteligência posicional dos nossos dois médios, o Hector [Herrera] e o Óliver [Torres], o que permitia, muitas vezes, libertar os nossos laterais para situações de cruzamento e de finalização. Eles interpretaram na perfeição. Podíamos ter feito mais um ou outro golo a partir desse processo ofensivo.

[O resultado] foi mais mérito do FC Porto em desorganizar, ou seja, em encontrar situações no último terço, do que demérito do Tondela".

Pepa (treinador do Tondela): "O FC Porto ganhou e ganhou bem. Explorou bem as costas do nosso meio campo, com muita mobilidade do Corona e do Fernando [Andrade], e o Adrián e o Otávio, com muito jogo interior, estavam a desbloquear [de forma] muito fácil essa situação. Percebemos isso, mas o Porto, com muita facilidade, deixava de frente no Herrera ou no Óliver e, com a qualidade que têm, aceleravam o jogo.

O primeiro golo é difícil de encaixar. Ganhámos a primeira bola, depois, num lance de segunda bola, o jogador está de costas, roda, finaliza. A verdade é que conseguimos equilibrar o jogo. Equilibrámos, tentámos, tivemos duas oportunidades de golo, não fizemos, mas sentíamos que estávamos a disputar a partida e estávamos a tentar empatar o jogo. Na segunda parte, sentimos muito o segundo golo [do FC Porto] e, a partir daí, só deu Porto. Parabéns ao Porto por isso.

Nestes jogos, como uma equipa como o Porto, que está num nível a roçar a perfeição, e uma equipa como o Tondela, que ficou um pouco aquém das suas capacidades, acaba por acontecer isto com naturalidade".

Exclusivos