Futebol: I Liga / Nacional - Sporting de Braga (declarações)

Declarações no final do encontro Nacional-Sporting de Braga (0-3), da 18.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol:

Costinha (treinador do Nacional): "Não jogámos bem, mas nisso há também uma grande responsabilidade do adversário, que tem uma grande equipa, com muito bons jogadores, e não só os que são titulares mais vezes. Tem um plantel muito forte e demonstrou-o hoje aqui. Tem soluções para tudo e todas com muita qualidade.

Hoje, não conseguimos ser a equipa que queríamos que fosse, entrámos um bocadinho ansiosos e nervosos e nos primeiros minutos o Braga teve ascendente. Depois, equilibrámos o jogo, mas sem nunca deixar o adversário desconfortável e depois do primeiro golo de bola parada desbloqueámos defensivamente, na tentativa de também chegar ao golo do empate, mas acabámos por levar um segundo também de bola parada. A partir daí, o Braga geriu o jogo da forma como gosta e como lhe convinha. Acaba por ser um triunfo justo, numa má exibição da minha equipa.

Tivemos uma noite menos conseguida e, se calhar, se formos olhar para os últimos oito jogos que o Nacional fez, não encontram um jogo tão mau como o de hoje. Agora, é recuperar e ir buscar pontos a Moreira de Cónegos, de preferência três."

Abel Ferreira (treinador do Sporting de Braga): "O Braga entrou bem no jogo, marcou um golo, mas infelizmente estava em fora de jogo. Depois é normal, o jogo equilibrou, ficou repartido, mas nós continuámos, sempre que tivemos bola, a colocar intensidade no jogo.

Depois, na segunda parte, e com calma, pois sabíamos que o Nacional também gosta de ter bola, fomos sábios, fomos capazes de criar oportunidades.

O árbitro teve hoje uma atuação fantástica, não só por aquilo que fez dentro de campo, mas também pela forma emocional como conseguiu gerir o jogo, assim como o quarto árbitro teve a capacidade, de forma inteligente, de perceber que o jogo é de emoções. Para eles, os meus parabéns, porque de facto é com árbitros assim que outros devem seguir como exemplo.

Esta é a mesma equipa que vocês todos criticaram quando nós perdemos na Luz, por 6-2, frente ao Benfica. São estes mesmos jogadores, é o mesmo treinador e a mesma estrutura de futebol e o futebol é isto mesmo: tem os três resultados, que é vitória, a derrota e o empate, que é isso que as pessoas às vezes se esquecem.

A força desta equipa está no grande coletivo que tem e na sua identidade de jogo, por isso, vamos jogar sempre para ganhar os jogos."

Ler mais

Exclusivos