Fátima Teles vence Prémio de Pintura Abel Manta 2019

Gouveia, Guarda, 18 mai 2019 (Lusa) - A artista plástica Fátima Teles, natural de Penedono, distrito de Viseu, é a vencedora do Prémio Abel Manta de Pintura 2019, com a obra "Timeless", anunciou hoje a Câmara Municipal de Gouveia.

O prémio, no valor de cinco mil euros, foi atribuído a uma pintura em acrílico sobre tela, de 2017, com as medidas de 130 por 110 centímetros.

A vencedora da edição deste ano do Prémio Abel Manta de Pintura é licenciada em Artes Plásticas - Pintura, pela Escola Superior de Tecnologia de Tomar, e trabalhou como docente de expressão plástica e de educação visual.

Segundo a autarquia de Gouveia, Fátima Teles "tem desenvolvido o seu trabalho utilizando alguns princípios matemáticos e geométricos, estabelecendo uma simbiose entre a linha, a cor e a geometria".

Na oitava edição do galardão atribuído pela Câmara Municipal de Gouveia, no distrito da Guarda, estiveram a concurso 105 pinturas de 71 artistas.

O júri foi constituído pela arquiteta Isabel Manta (neta de Abel Manta), pela artista plástica Mónica Nogueira e pelo fotógrafo Manuel Ferreira, em representação do município de Gouveia.

A sessão de entrega do prémio, que tem periodicidade bienal, decorrerá no dia 09 de agosto, no âmbito do programa das festas do Senhor do Calvário.

A autarquia de Gouveia refere, em nota enviada à agência Lusa, que na edição 2019 do prémio foram ainda selecionados para exposição os trabalhos "I Had a Deram" (de Ana Ferreira), "Keep on Changing 1 e Keep on Changing 2" (Sofia Leitão), "As Musas" (José Manuel Pereira), "Aurora" (Irene Felizardo), "Marés" (Bela Branquinho), "We can´t go home" (Rafael Oliveira), "Tiro - Um Homem que Consegue Mudar 7 ou Alterações Climáticas ou Uma Breve Reflexão Sobre o Pôr do Sol" (Alexandre Coxo).

Instituído pelo município de Gouveia em 2007, por ocasião do 25.º aniversário da morte do pintor Abel Manta, o Prémio Abel Manta de Pintura visa "promover artistas plásticos nacionais, proporcionando a apresentação pública dos seus trabalhos e valorizando as artes plásticas como elemento chave da programação cultural do município".

O pintor Abel Manta nasceu em Gouveia a 12 de outubro de 1888 e faleceu em Lisboa no dia 09 de agosto de 1982.

O Museu Municipal de Arte Moderna Abel Manta ocupa um edifício setecentista, o antigo Solar dos Condes de Vinhó e Almedina, patrocinadores dos estudos artísticos do artista.

O espaço museológico é composto por sete salas de exposição permanente e uma de exposições temporárias, biblioteca de artes, serviços educativos, receção e loja.

Para além dos trabalhos de Abel Manta, o museu expõe "obras de ilustres mestres como Vieira da Silva, Joaquim Rodrigo, Júlio Resende, Júlio Pomar, Menêz e Paula Rego", segundo a autarquia de Gouveia.

Ler mais

Exclusivos

Premium

adoção

Técnicos e juízes receiam ataques pelas suas decisões

É procurador no Tribunal de Cascais há 25 anos. Escolheu sempre a área de família e menores. Hoje ainda se choca com o facto de ser uma das áreas da sociedade em que não se investe muito, quer em meios quer em estratégia. Por isso, defende que ainda há situações em que o Estado deveria intervir, outras que deveriam mudar. Tudo pelo superior interesse da criança.