Fábio Veríssimo no FC Porto-Sporting e Jorge Sousa no Benfica-Santa Clara

Oeiras, Lisboa, 16 mai 2019 (Lusa) -- O árbitro Fábio Veríssimo, da Associação de Futebol de Leiria, dirige o clássico entre FC Porto e Sporting, e Jorge Sousa, do Porto, estará no Benfica-Santa Clara, ambos no sábado, na 34.ª e última jornada da I Liga.

As nomeações foram hoje divulgadas pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para uma ronda em que o título nacional se vai decidir nos estádios da Luz e do Dragão, em jogos com início marcado para as 18:30, com o Benfica em situação de vantagem, uma vez que tem mais dois pontos relativamente ao FC Porto.

No Estádio do Dragão, Fábio Veríssimo terá Luís Ferreira no videoárbitro (VAR), enquanto na Luz Jorge Sousa contará com António Nobre naquelas funções.

Para Fábio Veríssimo será apenas o segundo clássico da carreira como árbitro principal, depois de, já esta época, ter dirigido no Estádio da Luz o jogo entre o Benfica e o FC Porto, da sétima jornada, em 07 de outubro de 2018, que as 'águias' venceram por 1-0.

Já em janeiro este ano, o árbitro leiriense esteve envolvido em polémica, na meia-final da Taça da Liga, novamente entre Benfica e FC Porto, em Braga, mas nas funções de VAR, ao não intervir num lance aparentemente legal, que daria o empate 2-2 aos 'encarnados'.

O Benfica foi eliminado, ao perder por 3-1, e Fábio Veríssimo ficou de fora das nomeações para árbitro nos jogos da I Liga durante quase um mês, depois de ter pedido dispensa.

Para Jorge Sousa, habituado a jogos 'grandes', o campeonato fecha no Estádio da Luz, com o árbitro da Associação de Futebol do Porto a dirigir uma partida das 'águias' pela segunda vez esta época, depois de ter estado no triunfo dos lisboetas no Dragão, por 2-1.

No domingo, em outro jogo de decisões, o Tondela-Desportivo de Chaves, que definirá qual a equipa que se vai juntar a Feirense e Nacional na descida à II Liga, o CA designou o árbitro João Pinheiro, da associação de Braga, com o apoio de Tiago Martins no VAR.

A equipa de Tondela tem os mesmos pontos do Desportivo de Chaves (32), mas está obrigada a vencer, por ter desvantagem no confronto direto, depois de na primeira volta ter perdido em Chaves por 2-1.

O quinto lugar define-se igualmente num único jogo, com Moreirense e Vitória de Guimarães a encerrarem a I Liga no domingo, com arbitragem de Carlos Xistra e Bruno Esteves como videoárbitro.

Ler mais

Exclusivos