Euro sobe pela segunda sessão consecutiva e aproxima-se dos 1,14 dólares

O euro subiu hoje face ao dólar, pela segunda sessão consecutiva, aproximando-se da barreira dos 1,14 dólares, na véspera da reunião do Banco Central Europeu (BCE).

Às 18:06 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,1393 dólares quando na terça-feira, pela mesma hora, negociava a 1,1370 dólares.

O euro também subiu face ao iene, mas caiu em comparação com a libra.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou hoje a taxa de câmbio de referência do euro em 1,1367 dólares.

O BCE vai reunir-se esta quinta-feira para discutir a política monetária internacional.

Na segunda-feira, o Fundo Monetário Internacional (FMI) piorou a estimativa de crescimento da zona euro para este ano, prevendo um crescimento de 1,6% em 2019 (menos 0,3 pontos percentuais que na estimativa anterior), tendo também descido a previsão para 2018 para 1,8% (menos 0,2 pontos percentuais que anteriormente), mantendo a previsão de um avanço de 1,7% para 2020, a mesma que o BCE.

Divisas..........hoje..............terça-feira

Euro/dólar......1,1393....................1,1370

Euro/libra......0,87199..................0,87694

Euro/iene........124,70...................124,31

Dólar/iene.......109,46...................109,34

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.