Euro cai face ao dólar depois de afastada subida das taxas de juro nos EUA

O euro baixou hoje face ao dólar, um dia após a Reserva Federal (Fed) ter indicado que não prevê subir as taxas de juro este ano.

Às 18:20 (hora de Lisboa), o euro negociava a 1,1349 dólares, quando na quarta-feira quase à mesma hora seguia a 1,1423 dólares.

Na quarta-feira, depois de o banco central norte-americano ter anunciado que já não prevê subir as taxas de juro em 2019 devido a um abrandamento do crescimento mais acentuado e à ausência de uma inflação forte, o dólar caiu e o euro registou uma valorização, mas hoje a tendência inverteu-se.

As incertezas em torno do 'Brexit' pressionaram a libra, que recuou em relação ao euro.

Divisas..........hoje................quarta-feira

Euro/dólar......1,1349....................1,1423

Euro/libra......0,86995..................0,86265

Euro/iene........125,81...................126,57

Dólar/iene.......110,85...................110,80

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os aspirantes a populistas

O medo do populismo é tão grande que, hoje em dia, qualquer frase, ato ou omissão rapidamente são associados a este bicho-papão. E é, de facto, um bicho-papão, mas nem tudo ou todos aqueles a quem chamamos de populistas o são de facto. Pelo menos, na verdadeira aceção da palavra. Na semana em que celebramos 45 anos de democracia em Portugal, talvez seja importante separarmos o trigo do joio. E percebermos que há políticos com quem podemos concordar mais ou menos e outros que não passam de reles cópias dos principais populistas mundiais, que, num fenómeno de mimetismo - e de muito oportunismo -, procuram ocupar um espaço que acreditam estar vago entre o eleitorado português.