Enfermeiros especialistas mudam posição na grelha salarial para receber diferenciação

O pagamento do trabalho diferenciado dos enfermeiros especialistas deverá ser feito pela mudança de posição remuneratória na grelha salarial a partir de 2018, segundo fonte sindical.

José Carlos Martins, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), transmitiu um conjunto de resultados saídos de uma reunião negocial realizada hoje no Ministério da Saúde.

Segundo este dirigente sindical, a questão do pagamento dos enfermeiros especialistas -- que motiva um protesto iniciado na segunda-feira por estes profissionais -- foi hoje abordado na reunião e, embora não totalmente encerrado, já obteve algumas conclusões.

Desde segunda-feira que os enfermeiros especializados se recusam a prestar cuidados diferenciados, como protesto contra o não pagamento desta especialização, tendo gerado constrangimentos.

O Ministério da Saúde e o SEP concordaram que o pagamento da diferenciação destes profissionais será feito "pela mudança de posição remuneratória na grelha salarial".

Tal como acordado anteriormente, a medida terá cabimento orçamental para 2018.

Na reunião ficou ainda acordado que os conselhos de administração dos hospitais vão ter que pagar todas as horas extraordinárias em dívida aos enfermeiros até ao final do ano e devem tomar medidas para que estes valores não voltem a acumular-se.

Segundo José Carlos Martins, a 31 de dezembro de 2016 o valor da dívida era superior a 700 mil euros.

Últimas notícias

Brand Story

Tui

Mais popular

Pub
Pub