Encontrado corpo de idoso desaparecido de um lar em barragem no concelho de Odemira

O corpo de um homem de 98 anos que estava desaparecido de um lar desde a tarde de hoje foi encontrado na albufeira de uma barragem em Saboia, no concelho de Odemira (Beja), disse fonte da GNR.

A mesma fonte indicou à agência Lusa que o homem estava desaparecido desde cerca das 15:30 de um lar de idosos em Saboia, embora a GNR só tenha sido alertada para a ocorrência cerca das 19:00.

Segundo a fonte da GNR, no decorrer das buscas os militares receberam uma indicação de que "havia algo na barragem", tendo sido confirmado posteriormente que se tratava do corpo do homem.

O corpo, que foi encontrado cerca das 21:30, já foi resgatado da água e "não há suspeitas de homicídio", referiu a fonte da GNR, adiantando estar a investigar o caso.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Beja disse à Lusa que foram mobilizados para o local, operacionais e um veículo dos Bombeiros Voluntários de Odemira, além da GNR.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Patrícia Viegas

Espanha e os fantasmas da Guerra Civil

Em 2011, fazendo a cobertura das legislativas que deram ao PP de Mariano Rajoy uma maioria absoluta histórica, notei que quando perguntava a algumas pessoas do PP o que achavam do PSOE, e vice-versa, elas respondiam, referindo-se aos outros, não como socialistas ou populares, não como de esquerda ou de direita, mas como los rojos e los franquistas. E o ressentimento com que o diziam mostrava que havia algo mais em causa do que as questões quentes da atualidade (a crise económica e financeira estava no seu auge e a explosão da bolha imobiliária teve um impacto considerável). Uma questão de gerações mais velhas, com os fantasmas da Guerra Civil espanhola ainda presente, pensei.