Edgar Pinto terminou Volta a Aragão no quinto lugar

Saragoça, Espanha, 19 mai 2019 (Lusa) - O português Edgar Pinto (W52-FC Porto) terminou hoje no quinto lugar a Volta a Aragão em bicicleta, a sete segundos do vencedor, o espanhol Eduard Prades (Movistar), após ter sido 15.º na terceira e última etapa da corrida espanhola.

O italiano Matteo Pelucchi (Androni Giocattoli) venceu a derradeira tirada, impondo-se ao 'sprint', no final dos 127,4 quilómetros entre Huesca e Saragoça, aos compatriotas Marco Benfatto, seu companheiro de equipa, e Matteo Malucelli (Caja Rura-RGA), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

Edgar Pinto cumpriu a distâncias nas mesmas 2:47.12 horas dos da frente, 'caindo' do quarto para o quinto lugar, a sete segundos de Prades, que beneficiou do abandono do anterior líder, o espanhol Jesús Ezquerra (Burgos-BH).

Prades venceu a corrida com três segundos de vantagem sobre o russo Evgeny Shalunov (Gazprom-RusVelo), segundo classificado, e cinco sobre o estónio Rein Taaramae (Direct Energie), terceiro.

O russo Alexander Grigoryev (Sporting-Tavira), que hoje foi 21.º, acabou por ser o representante mais bem classificado das equipas portuguesas presentes, com o quarto lugar, a seus segundos do vencedor.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.