Detido suspeito de furto de obras de arca sacra de igreja de Ponte da Barca

Braga, 24 mai 2019 (Lusa) - A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve um homem de 31 anos pela presumível autoria do furto de oito peças de arte sacra da Igreja de S. Salvador de Bravães, em Ponte da Barca, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a PJ refere que, na ocasião, foi ainda furtada uma caldeira em latão dourado.

Sublinha que as peças estão avaliadas "em vários milhares de euros".

O suspeito foi detido ao fim da tarde de quinta-feira, com a colaboração da GNR do Comando Distrital de Viana do Castelo.

Está indiciado por furto qualificado e vai ser apresentado em tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Legalização do lobbying

No dia 7 de junho foi aprovada, na Assembleia da República, a legalização do lobbying. Esta regulamentação possibilitará a participação dos cidadãos e das empresas nos processos de formação das decisões públicas, algo fundamental num Estado de direito democrático. Além dos efeitos práticos que terá o controlo desta atividade, a aprovação desta lei traz uma mensagem muito importante para a sociedade: a de que também a classe política está empenhada em aumentar a transparência e em restaurar a confiança dos cidadãos no poder político.