Coruche apresenta marca "Montado de Sobro e Cortiça" na Feira Internacional da Cortiça

A Câmara de Coruche vai apresentar, durante a X FICOR, Feira Internacional da Cortiça, que decorre de 24 a 27 deste mês, a marca "Montado de Sobro e Cortiça" que visa tornar este território "mais atrativo e competitivo".

O anúncio foi feito hoje na apresentação da décima edição do certame, que arranca dia 24 precisamente com a apresentação oficial da marca que junta 46 entidades das regiões do Ribatejo e do Alentejo e é financiada pelo programa comunitário Alentejo 2020 para "valorizar um recurso endógeno único no mundo, em territórios de baixa densidade".

"A marca 'Montado de Sobro e Cortiça' visa fortalecer as parcerias existentes, com os vários agentes da fileira e do território, com o objetivo de obter economias de escala para um forte reconhecimento e valorização do montado, tanto a nível nacional como internacional", procurando tornar o território "melhor para viver, mais atrativo e competitivo para investir e diferenciador dos restantes produtos turísticos", refere o município de Coruche (distrito de santarém) num documento de divulgação do evento.

À apresentação da marca, às 18:00, seguir-se-á a entrega do prémio "Melhor Cortiça 2017", atribuído pela Associação de Produtores Florestais de Coruche (APFC), culminando um dia de visita pela indústria, montado e Observatório do Sobreiro e Cortiça, onde vai ser inaugurada a exposição "iCork -- News uses in Architecture 2.0", pelas 14:30. À noite, atua o humorista Nilton.

Além da mostra da fileira, a FICOR inclui seminários e conferências para debate e reflexão sobre o setor, realizando-se dia 25 a reunião anual do Centro de Competências do Sobreiro e da Cortiça, que reúne produção, indústria, administração pública, entidades científicas e tecnológicas, universidades e institutos de investigação.

Nesse dia à noite, decorre mais uma edição do desfile "Coruche Fashion Cork", conduzido pela apresentadora Vanessa Oliveira e com as participações especiais dos 'designers' de moda Pedro Pedro e Mónica Gonçalves, terminando o dia com a atuação do músico Tiago Nacarato.

No sábado, dia 26, o diretor executivo da Cork Forest Conservation Alliance, Patrick Spencer, estará presente no colóquio "Montado de Sobro -- Património Natural e Cultural, um recurso turístico de excelência", a que se seguirá "uma experiência no montado, com almoço tradicional", terminando o dia com a fadista Cuca Roseta.

O último dia do certame inclui no programa a 14.ª Corrida das Pontes e da Família e uma Corrida de Touros à Portuguesa, com os cavaleiros Francisco Palha e Luís Rouxinol Jr e os Grupos de Forcados Amadores de Coruche e Lisboa.

A FICOR volta este ano a acolher o espaço 'Wine & Cork', iniciado na edição de 2017, adianta o comunicado.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.