COMENTÁRIO: Espanha bate Portugal e torna-se primeira campeã europeia de futsal feminino

A Espanha conquistou hoje o primeiro Europeu feminino de futsal, ao derrotar Portugal na final por 4-0, em partida disputada no Pavilhão Multiusos de Gondomar, concluindo a fase final sem sofrer qualquer golo.

Implacável na forma como aproveitou os erros de Portugal na primeira parte, a Espanha adiantou-se ao quarto minuto, num golo de Mayte, na 'cara' de Ana Catarina, que, dois minutos depois, viu Anita ampliar a vantagem, após uma perda de bola à entrada da área de Sara Ferreira.

Sem conseguir articular-se na saída para o ataque e, muito menos, incomodar Aguete na baliza espanhola, o 'cinco' nacional viu Romero, de livre, aos 10 minutos, fazer o 3-0, num lance em que a guarda-redes portuguesa pareceu mal batida.

Sem conseguir entrar na área espanhola, as portuguesas optaram então pelo remate de meia distância, com Fifó e Carla Vanessa a testaram a número um de Espanha, antes de, num contra-ataque, Sara atirar à malha lateral e, no instantes finais, Janice, a um metro da baliza, falhar o alvo.

A segunda parte foi quase de sentido único, depois de Peque, sem oposição, falhar o 4-0 a abrir o segundo período, mas a pontaria desafinada, nuns casos, e noutros a solidariedade espanhola, impossibilitou o golo que poderia catapultar a seleção lusa para a recuperação.

Lídia Moreira, num minuto, teve duas ocasiões para marcar, mas na primeira, de cabeça, acertou numa defesa, com a guarda-redes fora da baliza, e na seguinte, com a baliza aberta, fez o desvio para fora.

Com três mil pessoas nas bancadas, das quais cerca de 200 espanholas, e o apoio dos jogadores da seleção que venceu o Europeu masculino em 2018 e do Primeiro-ministro e do ministro da Educação, a equipa de Luís Conceição apostou no guarda-redes avançado nos últimos cinco minutos, missão confiada a Pisko.

Mais uma vez, foi a Espanha que aproveitou, com Sotelo, em contra-ataque, a fazer o 4-0, acabando com o que restava de esperanças numa reviravolta, no 27.º encontro entre as duas seleções.

O saldo desses confrontos, disputados entre 1997 e 2019, favorece claramente o conjunto espanhol, com 15 triunfos contra cinco de Portugal.

Jogo no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

Ao intervalo: 3-0.

Marcadores:

1-0, Mayte, 04 minutos.

2-0, Anita, 06.

3-0, Romero, 10.

4-0, Sotelo, 36.

Equipas:

- Espanha: Aguete, Isa Garcia, Ampi, Peque e Sotelo. Jogaram ainda González, Velasco, Mayte, Romero, Samper, Anita e Campoy.

Selecionadora: Cláudia Pons.

- Portugal: Ana Catarina, Inês Fernandes, Carla Vanessa, Ana Azevedo e Pisco. Jogaram ainda Fifó, Cátia Morgado, Janice, Sara Ferreira, Rute Duarte, Jenny e Lídia Moreira.

Selecionador: Luís Conceição.

Árbitros: Chiara Perona (Itália) e Irina Velikanova (Rússia)

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Sara Ferreira (07), Inês Fernandes (11), Carla Vanessa (28) e Fifó (37).

Assistência: cerca de 3.000 espetadores.

Ler mais

Exclusivos