Cees Bol vence corrida Nokere Koerse marcada pelas quedas no final

O ciclista holandês Cees Bol (Sunweb) venceu hoje ao 'sprint' a 74.ª edição da corrida belga Nokere Koerse, aproveitando um final marcado pelas quedas para bater sobre a meta o alemão Pascal Ackermann (BORA-hansgrohe), segundo.

Bol, de 23 anos, superiorizou-se a Ackermann, um dos favoritos, e ao belga Jasper Philipsen (UAE Emirates), terceiro, para cortar a meta em primeiro, cumprindo os 195,6 quilómetros que ligaram Deinze a Nokere em 4:32.37 horas.

No ano de estreia como profissional numa formação WorldTour, o corredor da Sunweb conseguiu hoje a maior vitória da carreira, dando seguimento à tradição da prova, que só por sete vezes, ao longo de 74 edições, foi conquistada por um corredor que não fosse belga ou holandês.

Num percurso duro e marcado por vários setores de empedrado e muitas quedas, a pior parte estava guardada para a parte final, em que o alemão Max Walscheid, da Sunweb, caiu e ficou arredado de lutar pela vitória, assim como o campeão mundial de ciclocrosse, o belga Mathieu van der Poel (Corendon-Circus), a estrear-se este ano na estrada.

Em bom plano esteve o português André Carvalho (Hagens Berman Axeon), de apenas 21 anos, conseguindo um 15.º posto a cinco segundos do grupo que disputou a vitória final, na segunda corrida na nova temporada, depois da transferência da Liberty Seguros-Carglass para a formação norte-americana.

Rui Oliveira cortou a meta em 128.º, a mais de oito minutos do vencedor, enquanto o irmão e colega de equipa na UAE Emirates, Ivo Oliveira, abandonou a 'semi clássica', que antecede a Bredene-Koksijde, 'clássica' marcada para solo belga na sexta-feira.

Durante a manhã, decorreu a primeira edição da prova para o pelotão feminino, tendo-se mantido a tendência: a holandesa Lorena Wiebes (Parkhotel Valkenburg) triunfou num percurso idêntico ao masculino, mas de distância mais reduzida (121,6 quilómetros).