Câmara do Funchal homenageia arquiteto Rafael Botelho no dia do concelho

A Câmara Municipal do Funchal decidiu hoje, por unanimidade, atribuir a Medalha de Mérito de Grau Ouro ao arquiteto Rafael Botelho, um dos autores do primeiro Plano Diretor Municipal, informou o presidente da autarquia.

Paulo Cafôfo explicou que o arquiteto e urbanista, com 94 anos, será alvo desta "alta distinção" no dia do concelho, que se assinala a 21 de agosto.

O presidente da Câmara vincou que, além de ser responsável pelo primeiro Plano Diretor Municipal, aprovado em 1972, o arquiteto Rafael Botelho "marcou" toda a cidade, sendo autor do Plano da Nazaré, onde se situa o maior bairro de habitação social da Madeira, bem como do Plano Parcial do Pico da Cruz, que estabeleceu a zona hoteleira junto à costa na freguesia de São Martinho.

Na reunião de hoje, o executivo camarário aprovou, por outro lado, os contratos de concessão de 11 espaços no Mercado dos Lavradores, um dos locais mais visitados por turistas na capital madeirense.

"Esta ação integra-se no preenchimento dos espaços vazios e na renovação estética do edifício do mercado", disse Paulo Cafôfo, revelando que os contratos respeitam à venda de produtos hortofrutícolas, biológicos e flores.

A Câmara Municipal, liderada pela coligação Mudança (PS, BE, PTP, MPT e PAN) aprovou ainda a abertura do concurso público para o alargamento um caminho agrícola na freguesia de São Martinho, uma obra orçamentada em 300 mil euros.

Ler mais

Exclusivos