Bolsa de Valores de São Paulo fecha pela primeira vez acima de 100.000 pontos

Brasília, 19 jun 2019 (Lusa) - A Bolsa de Valores de São Paulo, Brasil, fechou hoje acima dos 100 mil pontos pela primeira vez, no seguimento do anúncio da decisão do Banco Central dos EUA [Reserva Federal(Fed)] de manutenção das taxas de juros.

A sessão decorreu com tendência altista, subindo 0,90%, para 100.303 pontos, ganhando força depois daquele anúncio.

Entre os maiores ganhos do dia, destacam-se os títulos da Natura (cosméticos) de 5,27%, Rumo SA (logística) de 3,70% e JBS (carnes) de 3,21%.

Encerraram também a sessão em terreno positivo, embora com ganhos menos elevados, as ações da Vale (mineira) e as ações preferenciais da estatal Petrobras, que subiram 0,58% e 0,26%, respetivamente.

O volume de negócios da Bolsa de São Paulo superou hoje os 15.429 milhões de reais (3,58 mil milhões de euros), fruto de 1.500.463 operações financeiras.

Hoje a Fed anunciou a sua decisão de manter a taxa de juros norte-americana no intervalo de 2,25% a 2,5%, conforme era esperado pelo mercado.

Exclusivos