Benfiquista Pedro Pichardo autorizado a representar Portugal

Pedro Pablo Pichardo, que adquiriu a nacionalidade portuguesa no ano passado e é o recordista luso do triplo salto, poderá representar Portugal nos Campeonatos do Mundo de 2019, no Qatar.

O desfecho do processo de mudança de nacionalidade do atleta do Benfica, à luz dos novos regulamentos, foi hoje comunicado pela Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) à Federação Portuguesa de Atletismo.

Assim, o atleta Pedro Pablo Pichardo, que adquiriu a nacionalidade portuguesa a 20 de novembro 2017, é elegível para representar Portugal a partir do dia 01 de agosto de 2019.

Desta forma Pichardo ainda não poderá competir nos Europeus de pista coberta de 2019, que se realizam em Glasgow, na Escócia, mas poderá, caso seja selecionado, fazê-lo no Campeonato da Europa de seleções, que se realizará entre 09 e 11 de agosto (ainda sem atribuição de local por parte da Associação Europeia de Atletismo) e também no Mundial de 2019, que tem lugar de 28 de setembro a 06 de outubro, em Doha no Qatar.

Pedro Pichardo, que recentemente venceu a Liga Diamante, de acordo com o regulamento publicado no início da época, por via desse triunfo, tem já a qualificação assegurada para o Mundial.

Recorde-se que o benfiquista, nascido em Cuba a 30 de junho de 1993 (25 anos), é o atual líder do ranking mundial do triplo salto, com 17,95 metros, obtido em Doha, no Qatar, marca que figura também como recorde de Portugal da disciplina.

Ler mais

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...