Bea World em Coimbra posiciona o Centro no palco dos grandes eventos internacionais

O Bea World - Festival Internacional de Eventos e Comunicação, que se realiza em Coimbra de 21 a 24 de novembro, ajudará a posicionar a cidade, a região Centro e Portugal nos grandes eventos internacionais, defendeu hoje um responsável.

O presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, falava durante a apresentação deste evento, que promete levar a Coimbra mais de 600 delegados de 27 países, entre as 122 agências especializadas em eventos que estarão representadas.

O Bea World - 'The International Festival of Events and Live Communication' é um festival internacional que premeia anualmente os melhores eventos, sendo considerado o principal encontro de empresas de eventos a nível mundial.

Esta é a segunda vez que acontece em Portugal, organizado pelo ADC Group e pela APECATE, parceiro nacional, que conta com o apoio do Governo, do Turismo de Portugal, do Turismo do Centro e da Câmara Municipal de Coimbra.

Durante quatro dias, de 21 a 24 de novembro, os participantes terão a oportunidade de estabelecer contactos com potenciais clientes, conhecer as melhores agências e refletir sobre diversas temáticas do mundo dos eventos e do turismo, além de participarem na gala de entrega de prémios.

"É um evento que nos permitirá alavancar os tempos de dormida e tem a felicidade de ocorrer fora da época alta. Tem uma dimensão internacional fortíssima, que nos coloca na rota dos públicos estrangeiros. Recordo que, hoje, a região Centro tem praticamente 50% de turismo externo, com grande diversidade nos países", disse Pedro Machado.

O responsável pelo Turismo do Centro disse também que estes eventos terão, garantidamente, grande impacto na economia local e regional.

A vereadora da Câmara de Coimbra Carina Gomes, por outro lado, lembrou a importância deste tipo de eventos para a cidade e saudou o Turismo do Centro por estar a conseguir captar esta categoria de congressos.

O italiano Salvatore Sagone, do ADC Group, organizador e mentor do festival, lembrou a "localização fantástica" de Coimbra e explicou que nestas 13 edições já passaram mais de seis mil delegados pelo Bea World.

António Marques Vidal, da APECATE -- Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, explicou, por fim, que o Bea World é um meio para atingir diversos objetivos, nomeadamente apresentar Portugal como destino de eventos, promover o setor dos eventos no país e permitir uma grande oportunidade de formação.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Começar pelas portagens no centro nas cidades

É fácil falar a favor dos "pobres", difícil é mudar os nossos hábitos. Os cidadãos das grandes cidades têm na mão ferramentas simples para mudar este sistema, mas não as usam. Vejamos a seguinte conta: cada euro que um português coloca num transporte público vale por dois. Esse euro diminui o astronómico défice das empresas de transporte público. Esse mesmo euro fica em Portugal e não vai direto para a Arábia Saudita, Rússia ou outro produtor de petróleo - quase todos eles cleptodemocracias.

Premium

Brexit

"Não penso que Theresa May seja uma mulher muito confiável"

O diretor do gabinete em Bruxelas do think tank Open Europe afirma ao DN que a União Europeia não deve fechar a porta das negociações com o Reino Unido, mas considera que, para tal, Theresa May precisa de ser "mais clara". Vê a possibilidade de travar o Brexit como algo muito remoto, de "hipóteses muito reduzidas", dependente de muitos fatores difíceis de conjugar.