Banco do Zimbabué anuncia adoção de dólares RTGS para enfrentar crise cambial

O governador do Banco do Zimbabué, país sem moeda própria desde 2009, anunciou hoje a adoção do sistema de dólares de transferência bruta em tempo real, designado RTGS, uma medida há muito esperada para enfrentar a crise cambial.

O governador do Banco do Zimbabué, John Mangudya, declarou que vai ser abandonada a paridade com o dólar norte-americano e que os bancos podem oferecer agora taxas determinadas pelo mercado para comprar dólares RTGS (Sistema de Liquidação Bruta em Tempo Real, traduzido do inglês) em dinheiro com os títulos ou por meio de transferências eletrónicas.

"Os dólares RTGS tornam-se assim parte do sistema multi-moeda no Zimbabué. Os dólares RTGS devem ser usados por todas as entidades no Zimbabué, incluindo o Governo, e para fins de estabelecimento de preços de bens e serviços, registo de débitos, contabilidade e liquidação de transações domésticas", disse Mangudya.

Os dólares RTGS, disse Mangudya, entram no sistema com outras moedas estrangeiras, como o dólar norte-americano e o rand sul-africano.

A criação da moeda hoje anunciada é uma medidas para lidar com o agravamento da crise económica, ao permitir que títulos e fundos eletrónicos flutuassem livremente contra outras moedas, abandonando um sistema oficial, mas artificial.

O Zimbabué não tem moeda local desde 2009, quando abandonou o dólar do Zimbabué devido à hiperinflação.

Para conter a inflação ruinosa, o Zimbabué adotou um sistema multi-moeda dominado pelo dólar americano.

No entanto, uma escassez de dólares em dinheiro levou o Governo em 2016 a emitir uma moeda substituta chamada notas de títulos, para negociar juntamente com o dinheiro eletrónico, que são fundos depositados eletronicamente em contas bancárias.

A maioria dos zimbabueanos, incluindo funcionários públicos, são pagos eletronicamente nas contas bancárias, mas não podem facilmente converter esse dinheiro necessário para comprar mantimentos e pagar contas.

Oficialmente, o Governo mantinha as notas dos títulos e o dinheiro eletrónico em paridade com o dólar americano.

Contudo, ambos têm desvalorizado rapidamente em relação ao dólar no mercado ilegal, forçando muitas empresas e o próprio Governo a aceitar apenas o dólar para algumas transações.

A atual crise resultou em aumento da inflação e escassez de combustível e alimentos.

Ler mais

Exclusivos