Autárquicas: PS recandidata Pedro Coelho dos Santos à Câmara de Sobral de Monte Agraço

O vereador do PS na Câmara de Sobral de Monte Agraço, Pedro Coelho dos Santos, apresenta hoje a sua recandidatura à presidência deste município nas eleições autárquicas de 01 de outubro.

"Candidato-me por um dever de cidadania, para desenvolver projetos que têm de ser feitos no concelho e porque a solução da CDU está mais do que esgotada", afirmou o cabeça-de-lista à agência Lusa.

O socialista defendeu que o município precisa de renovação política para "conseguir sair do marasmo em que está", entre "os piores concelhos da região Oeste e do país".

A candidatura traça como prioridades o apoio social às famílias, a melhoria das acessibilidades e a captação de investimentos ao concelho para contribuírem para a criação de postos de trabalho, que fixem jovens no concelho e combatam a tendência de envelhecimento populacional e de desertificação no concelho.

Se for eleito, o candidato do PS pretende sensibilizar o Governo para concretizar o IC11, uma via que permitiria criar uma ligação entre as autoestradas A8 e A1 e dotar o sul da região de melhores acessibilidades.

Pedro Coelho dos Santos, 40 anos, é funcionário público no Instituto Nacional de Emergência Médica, militante do PS e vereador deste partido naquele município desde 2013, ano em que concorreu à presidência da câmara pela primeira vez.

Em termos académicos, é licenciado em Ciências da Educação e tem mestrado em Guerra da Informação.

O PS escolheu para cabeça-de-lista à Assembleia Municipal de Sobral de Monte Agraço a secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim.

Antes de Pedro Coelho dos Santos, também Joaquim Biancard Cruz (PSD/CDS-PP) e o atual presidente da câmara, José Alberto Quintino (CDU), tinham anunciado a sua candidatura à câmara.

Nas últimas eleições, PS e a coligação PSD/CDS-PP elegeram um vereador cada, dando a maioria à CDU no executivo municipal, com três elementos eleitos.

Ler mais

Exclusivos