Autárquicas: Médico Jorge Magalhães é o candidato do PSD à Câmara de Matosinhos

O médico Jorge Magalhães, de 63 anos, é o candidato do PSD à Câmara Municipal de Matosinhos, no distrito do Porto, nas eleições autárquicas de outubro, anunciou hoje à Lusa a Comissão Política Distrital.

Residente no Concelho de Matosinhos, Jorge Magalhães dedicou toda a sua vida à Medicina Geral e Familiar até fevereiro de 2015, ano em que se reformou da medicina pública, estando agora a exercer numa clínica em Leça da Palmeira, da qual é sócio-gerente.

Além disso, é médico do Centro Social e Paroquial Padre Ângelo Ferreira Pinto, em Perafita, e na Associação Lavrense de Apoio ao Deficiente Intelectual, em Lavra, ambos em Matosinhos.

Desde 1977, ano em que se licenciou em Medicina pela Universidade do Porto, Jorge Magalhães é medico do Posto de Socorros do Santuário de Fátima, em regime de voluntariado, assim como professor de Saúde na Universidade Sénior de Matosinhos, também de forma voluntária.

O candidato social-democrata tem no currículo uma passagem pelo executivo municipal como vereador entre 1997 e 2001, em regime de substituição.

O PSD/Porto referiu, em comunicado, que o processo de candidatura a Matosinhos ficou hoje concluído depois de ter avocado o processo autárquico, dando seguimento a uma moção que apelava a esta solução e que foi aprovada por 42 votos a favor e 15 contra em plenário concelhio de militantes.

O nome do candidato a Matosinhos fez já "correr muita tinta", dado arrastar-se desde março e depois de a concelhia do PSD ter anunciado e aprovado, por cinco vezes em reuniões diferentes, o independente Joaquim Jorge, biólogo e fundador do Clube dos Pensadores, programa de debates com convidados de diferentes áreas, que se realiza em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto.

Numa nota enviada à Lusa, Joaquim Jorge diz que sempre esteve com "total desprendimento" neste processo e que o desafio de concorrer à Câmara de Matosinhos era "interessante", estando com "ânimo e força" para colocar em prática os seus projetos para o concelho.

Na sua opinião, o PSD está "refém do aparelho e desfasado" da realidade, dizendo que o processo em Matosinhos teve "intriga, traição, imoralidade e vingança".

De referir que os sociais-democratas nunca conseguiram derrotar o PS em eleições autárquicas.

Além de Jorge Magalhães (PSD), concorrem a Matosinhos Luísa Salgueiro (PS), Narciso Miranda (independente), António Parada (independente), José Pedro Rodrigues (CDU) e Ferreira dos Santos (BE).

Ler mais

Exclusivos