Autárquicas: Marinho Pinto candidato PDR à Assembleia de Amarante, Abel Afonso à Câmara

O médico e antigo-líder do PSD/Amarante, Abel Afonso, disse hoje à Lusa que é candidato à câmara local pelo Partido Democrático Republicano (PDR) e o presidente daquele partido, Marinho Pinto, o candidato à assembleia municipal.

"Nós fazemos esta candidatura para alargar o espaço de debate político, também para diminuir a abstenção", afirmou Abel Afonso.

À Lusa, o candidato e ex-militante social-democrata, assinalou que, conjuntamente com Marinho Pinto, se propõe colocar ao serviço de Amarante o "conhecimento, o "bom-senso e a experiência política" de ambos, para que "o concelho seja mais livre, justo e solidário".

Abel Afonso prometeu fazer uma "campanha austera", para corresponder à realidade do país, e apostar no contacto direto com os eleitores.

Afirmando-se "muito crítico dos partidos tradicionais, porque só olham para o seu umbigo", disse ter consigo na nesta candidatura "muitas pessoas independentes e experientes".

Políticas para promover o envelhecimento ativo, uma escola de excelência e preocupação com as questões ambientais são áreas privilegiadas, frisou, que constam do programa eleitoral do PDR em Amarante.

O líder do PDR e atual deputado europeu, Marinho Pinto, que encabeça a candidatura à Assembleia Municipal de Amarante, é natural de Amarante, concelho onde tem uma pequena propriedade e onde costuma passar alguns fins-de-semana.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Começar pelas portagens no centro nas cidades

É fácil falar a favor dos "pobres", difícil é mudar os nossos hábitos. Os cidadãos das grandes cidades têm na mão ferramentas simples para mudar este sistema, mas não as usam. Vejamos a seguinte conta: cada euro que um português coloca num transporte público vale por dois. Esse euro diminui o astronómico défice das empresas de transporte público. Esse mesmo euro fica em Portugal e não vai direto para a Arábia Saudita, Rússia ou outro produtor de petróleo - quase todos eles cleptodemocracias.