Autárquicas: Marina Quaresma é a candidata da CDU à Câmara da Lousã

A funcionária pública Marina Quaresma, de 55 anos, é a candidata da CDU à presidência da Câmara Municipal da Lousã nas eleições de 01 de outubro.

Dirigente associativa, Marina Maria Matos dos Santos Quaresma trabalha como assistente técnica no Agrupamento de Escolas da Lousã, no distrito de Coimbra.

Integrou vários ranchos folclóricos do concelho e esteve na fundação da União Recreativa Marcha dos Cinco Lugares, na antiga freguesia de Vilarinho, que todos os anos participa nas marchas populares da noite de São João, na vila da Lousã.

Tal como nas autárquicas de 2013, a primeira candidata da coligação do PCP com Os Verdes à Assembleia Municipal da Lousã é Maria da Conceição Loureiro, de 58 anos, professora do ensino secundário no Agrupamento de Escolas da Lousã.

Há quatro anos, Conceição Loureiro foi eleita para aquela órgão autárquico, onde a CDU tinha deixado de estar representada na sequência das eleições de 2009.

"O povo lousanense merece mais e melhor e, por isso, se propõe trabalhar com afinco, desinteressada e honestamente, em prol de um desenvolvimento sustentado", afirma Marina Quaresma em comunicado da CDU.

A candidata à Câmara da Lousã quer colocar os munícipes "acima de qualquer interesse particular", prometendo empenhar-se na "resolução dos muitos problemas e preocupações que afetam" a sua qualidade de vida.

Conceição Loureiro, por sua vez, "continua a defender os projetos" da coligação "por acreditar que é a melhor forma de defender os interesses e aspirações dos lousanenses para uma autarquia de processos democráticos e transparentes na administração local", segundo a mesma nota.

Terceira força política mais votada no concelho, em 2013, depois do PS e da coligação Lousã Mais Forte (PSD e CDS), o Bloco de Esquerda apresentou como candidata à Câmara a professora de História Maria Clara Aguilar, independente, de 46 anos, numa sessão realizada em abril com a presença da líder do BE, Catarina Martins.

No início de maio, o presidente da autarquia, o socialista Luís Antunes, de 42 anos, que entrou para o executivo em 1997 como vereador, sob a presidência de Horácio Antunes, seu pai, assumiu igualmente que vai recandidatar-se a um segundo mandato.

O candidato do PSD à Câmara da Lousã é o atual vereador Joaquim Lourenço, de 45 anos.

O PS lidera o município desde 1982, tendo há quatro anos assegurado seis mandatos no executivo, enquanto a coligação Lousã Mais Forte elegeu o social-democrata Joaquim Lourenço, sem pelouros atribuídos.

Ler mais

Exclusivos