Autárquicas: João Baião lidera lista de Independentes à Câmara de Constância

João Carlos Baião, 53 anos, atual presidente da junta de freguesia de Constância eleito pela CDU, vai liderar uma candidatura à Câmara Municipal pelo Movimento Independentes por Constância (MIC), foi hoje anunciado.

Com 20 anos de experiência autárquica, os últimos 14 como presidente da junta de freguesia de Constância, João Carlos Baião da Silva, funcionário público, sempre eleito nas listas da CDU na qualidade de independente [e que não se pode recandidatar a um novo mandato por força da lei de limitação dos mesmos], disse à agência Lusa que é "por não se rever na atual gestão CDU" que surgiu um movimento popular que decidiu apresentar "ideias próprias para um novo rumo e um novo caminho".

O cabeça de lista do MIC disse que o movimento de independentes vai concorrer a todas as assembleias de freguesias do município (Montalvo, Constância e Santa Margarida da Coutada), Câmara e Assembleia Municipal, tendo feito notar que o MIC, "à data", e num município com cerca de quatro mil habitantes, "integra já mais de 100 cidadãos" nas suas listas, "com ideias muito concretas sobre qual o caminho a seguir" e " totalmente independente das máquinas partidárias, mas convergente nos objetivos" a que se propõe.

"O contato que tivemos com as pessoas permite-nos alimentar a ideia de que, juntos, podemos quebrar um ciclo de quase 30 anos [de gestão CDU] em que não ocorreu qualquer mudança em Constância ao nível político. É um período demasiado longo para um concelho que necessita de novas ideias, de novos projetos, de novos desafios", afirmou.

"Conheço bem os dossiês do município, os problemas e as dificuldades das pessoas, a necessidade de atenção e reforço da ação social, a falta de mobilidade e de um meio de transporte que faça a ligação entre as freguesias e a sede de concelho, a necessidade de uma nova travessia sobre o Tejo, a urgência da captação de empresas e do aumento de oferta de trabalho, a urgência de aproveitar e capitalizar o nosso potencial turístico", elencou.

João Carlos Baião é o candidato à Câmara de Constância pelo MIC nas eleições autárquicas de 01 de outubro, sendo secundado por Vitor Reis Lopes, 50 anos, técnico operacional de exploração, e Maria Inês Nogueira, 39 anos, promotora de vendas, nos lugares imediatos da lista.

À Assembleia Municipal concorre Carmen Dolores Silva, 43 anos, médica, sendo o mandatário Artur Barrocas da Cunha, 81 anos, militar aposentado. Manuel Guterres Valério, de 61 anos, militar aposentado, Carlos Sousa Lopes, 58 anos, militar aposentado, e Lídia Carvalho Santos, 48 anos, oficial de justiça, são os candidatos às Assembleias de Freguesia de Santa Margarida da Coutada, Montalvo e Constância, respetivamente.

A Câmara Municipal de Constância é gerida pela CDU, que venceu as autárquicas de 2013 com 45,57% dos votos (1.080 votos), a que corresponderam três eleitos, detendo o PS dois vereadores (37,97%), decorrentes dos 900 votos obtidos do total dos 2370 votantes.

As eleições autárquicas realizam-se dia 1 de outubro e a CDU já anunciou o nome da atual presidente, Júlia Amorim, como cabeça de lista e recandidata da coligação.

O PS, por sua vez, anunciou o nome de Sérgio Oliveira, 31 anos, natural e residente em Santa Margarida da Coutada, licenciado em Direito.

A coligação CDS-PP/PSD é liderada por Marco Gomes, 44 anos, atual 2º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância.

Ler mais

Exclusivos