Autárquicas: Francisco Marques Vidal vai ser o candidato do Bloco em Águeda

O empresário de restauração Francisco Marques Vidal, de 41 anos, vai ser o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Águeda, nas autárquicas de 01 de outubro, anunciou hoje o partido.

"Candidato-me para ganhar, não tenho nada a ver com o passado, nem devo favores a ninguém", disse Francisco Marques Vidal.

O candidato quer juntar estudantes, empresas, agentes culturais, políticos e outros para fazer de Águeda "um local de vanguarda" e "dar à população do concelho mais e melhor qualidade de vida".

Dotar todas as freguesias de transportes públicos de qualidade com horários razoáveis adaptados à população idosa, repensar as pistas cicláveis de modo a não coincidir com os estacionamentos automóveis e criar parques de qualidade são algumas das suas ideias.

A última vez que o Bloco concorreu à Câmara de Águeda ocorreu em 2009, tendo a lista encabeçada por Vitor Gomes obtido 342 votos (1,28%).

Para a Assembleia Municipal, os bloquistas apostam em Cristina Rolim, de 50 anos, antiga funcionária dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento.

A Câmara de Águeda está há 12 anos sob a liderança de Gil Nadais (PS), que não pode recandidatar-se por ter atingido o limite de mandatos.

Na 'corrida' autárquica estão também Paulo Seara (PS), Miguel Bouça (PSD), António Martins (CDS-PP), Jorge Almeida (Juntos-Movimento Independente) e Francisco Simões (CDU).

Nas últimas Autárquicas em Águeda, o PS obteve 60% dos votos, conquistando cinco mandatos, e a coligação PSD/CDS-PP recolheu 30%, alcançando dois mandatos. A CDU obteve 3% não conseguindo eleger nenhum vereador.

Ler mais

Exclusivos