Autárquicas: Economista Gonçalo Pessa é o candidato do BE à Câmara de Pombal

Um economista de 23 anos, Gonçalo Pessa, é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Pombal, partido que em 2013 não apresentou candidatura a este concelho do norte do distrito de Leiria.

O jovem militante do Bloco de Esquerda, natural de Pombal e a trabalhar no Banco de Portugal, é o candidato do BE à Câmara Municipal, informou o próprio, que falava à agência Lusa após a apresentação da candidatura, que decorreu hoje ao final da tarde, na Escola Secundária daquela cidade.

"O nosso objetivo é ter eleitos em todos os órgãos para os quais vamos concorrer", sublinhou Gonçalo Pessa, acrescentando que o partido pretende também apresentar listas em "algumas freguesias do concelho".

"Queremos promover um Pombal onde a cidadania e a participação cívica seja aprofundada", realçou o candidato, referindo que pretende aumentar as verbas afetas ao orçamento participativo, promover fóruns e desenvolver políticas para garantir "uma sustentabilidade ecológica" do concelho.

Políticas de combate à precariedade laboral, criação de mais condições para a fixação de jovens e uma melhor integração da comunidade cigana do concelho são outras das propostas do Bloco de Esquerda.

A última vez que o partido apresentou candidatura à Câmara de Pombal, em 2009, registou 1,85% dos votos, ligeiramente acima do resultado da CDU nessas autárquicas.

Num município que vota tradicionalmente PSD, os sociais democratas conquistaram em 2013 seis mandatos de nove atribuídos (54,99%), contra três do PS (26,77%).

Também concorrem à liderança da Câmara de Pombal, o atual presidente do município, Diogo Mateus, pelo PSD, o ex-presidente da autarquia social democrata Narciso Mota com uma candidatura independente, o vereador Jorge Claro pelo PS, o economista Amílcar Malho também com uma candidatura independente e o empresário Fernando Domingues pela CDU.

Ler mais

Exclusivos