Autárquicas: Coligação CDS-PP/PSD/PPM candidata Paulo Miranda em Campo Maior

O empregado de mesa Paulo Miranda é o candidato da coligação CDS-PP/PSD/PPM à Câmara de Campo Maior, no distrito de Portalegre, gerida pelo PS, nas eleições autárquicas de 01 de outubro, divulgou a coligação.

Paulo Miranda, de 39 anos, foi membro da Assembleia de Freguesia de Degolados, no concelho de Campo Maior, entre 1998 e 2001, eleito pelo PS.

A apresentação desta candidatura surge depois de, em novembro do ano passado, o CDS-PP de Campo Maior ter anunciado a decisão de "indicar" o voto no atual presidente do município, o socialista Ricardo Pinheiro, o que mereceu, na altura, o apoio dos dirigentes distritais dos centristas.

O executivo municipal de Campo Maior é composto por quatro eleitos do PS e um do Movimento Partido da Terra (MPT).

O socialista Ricardo Pinheiro, de 36 anos, parte para a corrida eleitoral de 01 de outubro para tentar um terceiro e último mandato consecutivo.

A CDU avança com a candidatura do engenheiro técnico civil Paulo de Almeida, de 35 anos, enquanto o Bloco de Esquerda apresenta o empresário de restauração Rui Gaita, de 71 anos.

No distrito de Portalegre, com 15 concelhos, o PSD lidera em seis municípios (Alter do Chão, Arronches, Sousel, Fronteira, Marvão e Castelo de Vide).

O PS possui também seis câmaras (Campo Maior, Elvas, Ponte de Sor, Crato, Nisa e Gavião), a CDU lidera em duas autarquias (Avis e Monforte), ao passo que a Câmara de Portalegre é gerida pelo movimento Candidatura Livre e Independente por Portalegre (CLIP).

Ler mais

Exclusivos