Autárquicas: CDU candidata em Moura antigo autarca José Maria Pós-de-Mina

O antigo presidente comunista da Câmara de Moura José Maria Pós-de-Mina, que liderou o município durante quase 16 anos, volta a candidatar-se ao cargo, pela CDU, nas eleições autárquicas de 01 de outubro, foi hoje anunciado.

Após ter deixado a presidência da Câmara de Moura há quatro anos, porque não se podia recandidatar por ter atingido o limite de mandatos consecutivos, e de ter dado lugar a Santiago Macias, o atual presidente do município eleito pela CDU em 2013 e que não se recandidata, José Maria Pós-de-Mina regressa para tentar manter a autarquia nas mãos dos comunistas.

José Maria Pós-de-Mina, gestor de empresas, de 58 anos, foi presidente da autarquia entre janeiro de 1998 e outubro de 2013 e, atualmente, é membro da CDU na Assembleia Municipal de Moura.

O histórico autarca é também presidente da assembleia geral da empresa municipal de Moura Lógica, do Conselho Fiscal da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) e do órgão de gestão do Grupo de Ação Local da Margem Esquerda do Guadiana.

A nível partidário, José Maria Pós-de-Mina é membro do Comité Central do PCP.

Santiago Macias, que foi eleito em 2013 com 44,65% dos votos, apenas mais 0,30% do que o principal rival, o candidato socialista, dispõe de maioria absoluta e lidera um executivo composto por quatro eleitos pela CDU e três pelo PS.

José Maria Pós-de-Mina, pela CDU, o presidente da União de Freguesias de Moura e Santo Amador, Álvaro Azedo, pelo PS, e o presidente da concelhia de Moura e da distrital de Beja dos social-democratas, João Guerreiro, pelo PSD, são, até hoje, os candidatos conhecidos à presidência da Câmara de Moura.

A CDU lidera oito dos 14 municípios do distrito de Beja (Alvito, Barrancos, Beja, Cuba, Castro Verde, Moura, Serpa e Vidigueira) e o PS seis (Aljustrel, Almodôvar, Ferreira do Alentejo, Mértola, Odemira e Ourique).

Ler mais