Autárquicas: Bloco de Esquerda concorre pela primeira vez à Câmara de Arraiolos

O Bloco de Esquerda vai concorrer pela primeira vez à Câmara de Arraiolos, Évora, nas eleições autárquicas de 01 de outubro, apresentando como candidato o engenheiro eletrotécnico de telecomunicações Amaro Correia, divulgou hoje o partido.

Fonte da Coordenadora Distrital de Évora do Bloco de Esquerda (BE) referiu que o partido vai apresentar, pela primeira vez, listas a todos os órgãos autárquicos do concelho de Arraiolos, no distrito de Évora, cujo município é liderado pela CDU.

Licenciado pelo Instituto Superior Técnico em engenharia eletrotécnica e de computadores, Amaro Correia, de 52 anos, reside em Ilhas, no concelho de Arraiolos, e trabalha no grupo PT/MEO.

O candidato bloquista, militante do partido, é membro da comissão de trabalhadores da PT/MEO e vice-presidente da Associação Aeronáutica de Évora.

Para cabeça-de-lista à assembleia municipal, o BE aposta na empresária Sandra Dias, de 46 anos.

Para as eleições autárquicas deste ano, foram anunciados quatro candidatos ao município de Arraiolos.

Antes da do BE, já tinham sido divulgadas as candidaturas do atual vereador do PSD/CDS-PP na Câmara de Setúbal, Luís Rodrigues, pela mesma coligação, da presidente da autarquia, Sílvia Pinto (CDU), e do presidente da Junta de Freguesia de Igrejinha, António Traguedo, pelo PS.

O executivo municipal de Arraiolos é composto por três eleitos da CDU e dois do PS.

No distrito de Évora, com 14 concelhos, a CDU lidera em seis municípios (Alandroal, Arraiolos, Évora, Montemor-o-Novo, Mora e Vila Viçosa), o PS em cinco (Mourão, Portel, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas e Viana do Alentejo) e os outros três (Borba, Estremoz e Redondo) são presididos por movimentos independentes.

Ler mais

Exclusivos