Autárquicas: Bloco de Esquerda candidata Nuno Leite em Marco de Canaveses

O Bloco de Esquerda (BE) vai concorrer pela primeira aos órgãos autárquicos de Marco de Canaveses, apostando no militante Nuno Leite para candidatura à câmara, anunciou hoje fonte do partido.

Nuno Leite, natural de Marco de Canaveses, tem 36 anos, é designer de profissão e, segundo o BE, "tem uma vasta experiência associativa e comunitária".

Patrícia Vieira, solicitadora e atual deputada municipal por uma lista independente, será a cabeça de lista à assembleia municipal, acrescentou a concelhia.

"A candidatura do Bloco de Esquerda tem nas suas listas mais 80% de candidatos independentes, na sua maioria jovens que lutam por um projeto alternativo para o Marco de Canavezes", lê-se num comunicado enviado à Lusa.

O BE anuncia que vai concorrer também às assembleias de freguesias de Marco de Canaveses, com Luís Queirós, e de Penhalonga e Paços de Gaiolo, com Mário Rocha.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Viriato Soromenho Marques

Quem ameaça a União Europeia?

Em 2017, os gastos com a defesa nos países da União Europeia tiveram um aumento superior a 3% relativamente ao ano anterior. Mesmo em 2016, os gastos militares da UE totalizaram 200 mil milhões de euros (1,3% do PIB, ou o dobro do investimento em proteção ambiental). Em termos comparativos, e deixando de lado os EUA - que são de um outro planeta em matéria de defesa (o gasto dos EUA é superior à soma da despesa dos sete países que se lhe seguem) -, a despesa da UE em 2016 foi superior à da China (189 mil milhões de euros) e mais de três vezes a despesa da Rússia (60 mil milhões, valor, aliás, que em 2017 caiu 20%). O que significa então todo este alarido com a necessidade de aumentar o esforço na defesa europeia?