Autárquicas: BE candidata Alberto Matos à Câmara de Serpa

O responsável da coordenadora distrital de Beja do Bloco de Esquerda (BE), Alberto Matos, é o candidato do partido à Câmara de Serpa, gerida pela CDU, nas eleições autárquicas de 01 de outubro, foi hoje anunciado.

Segundo a coordenadora distrital do BE, num comunicado enviado à agência Lusa, a candidatura de Alberto Matos, professor, de 64 anos, foi aprovada pela assembleia concelhia de Serpa, no distrito de Beja.

Alberto Matos é também membro da mesa nacional do BE e foi deputado nas assembleias municipais de Beja (1980-1982), Almada (1994-1997) e Lisboa (1998-2001).

Também foi cabeça de lista do BE pelo distrito de Beja nas legislativas de 1999 e candidato com o apoio da extinta União Democrática Popular (UDP) nas presidenciais de 1996, tendo desistido antes das eleições a favor do candidato do PS Jorge Sampaio, que acabou por ser eleito Presidente da República logo na primeira volta.

Os candidatos do BE aos órgãos autárquicos do concelho de Serpa vão ser apresentados no dia 27 deste mês, às 18:00.

A Câmara de Serpa é presidida pelo comunista Tomé Pires, que foi eleito nas anteriores autárquicas, em 2013, cumpre o primeiro mandato, dispõe de maioria absoluta e lidera um executivo composto por quatro eleitos pela CDU e três pelo PS.

No entanto, Tomé Pires lidera o município desde 02 novembro de 2012, quando passou de vice-presidente a presidente, após o anterior e "histórico" autarca, o comunista João Rocha, o qual estava no nono mandato consecutivo e não podia recandidatar-se, ter deixado o cargo que ocupava há quase 33 anos por razões pessoais.

Tomé Pires, que se recandidata pela CDU para tentar um segundo mandato, o administrador hospitalar Manuel Soares, pelo PS, o engenheiro químico António Bettencourt, pela coligação PSD/CDS-PP, e Alberto Matos, pelo BE, são os candidatos conhecidos, até hoje, à Câmara de Serpa, nas autárquicas de 01 de outubro deste ano.

A CDU lidera oito dos 14 municípios do distrito de Beja (Alvito, Barrancos, Beja, Cuba, Castro Verde, Moura, Serpa e Vidigueira) e o PS seis (Aljustrel, Almodôvar, Ferreira do Alentejo, Mértola, Odemira e Ourique).

Ler mais

Exclusivos