Autárquicas: Antigo presidente da Câmara de Penalva do Castelo Gabriel Costa é novamente candidato

o antigo presidente da Câmara de Penalva do Castelo Gabriel Costa é o candidato da coligação PSD-CDS/PP-PPM às eleições autárquicas, prometendo "fazer melhor e diferente" caso seja eleito para as funções que abandonou há 18 anos.

"Estou reformado e penso que tenho tempo, capacidade e experiência para o cargo. Estou convencido de que, atendendo à situação atual do concelho, serei capaz de fazer melhor e de maneira diferente", sustentou.

Gabriel Costa, empresário na área da metalomecânica, foi eleito presidente da Câmara por quatro vezes, cumprindo dois mandatos de 1979 e 1985, e mais um mandato e meio de 1994 a 1999, tendo sido Vítor Pires a cumprir os dois anos em falta no mandato para o qual foi eleito.

"Se for eleito, só depois de entrar é que vou ver como é que as coisas estão, para depois tentar fazer o melhor, recuperar o que é possível recuperar, melhorar o que é possível melhorar, para além de inovar e permitir o aparecimento de novos empreendimentos. Há tanta coisa a fazer que focar-me apenas numa bandeira seria menorizar a minha candidatura", referiu.

De acordo com o candidato da coligação, Penalva do Castelo tem pela frente a importante tarefa de tentar fixar população no concelho.

"Tentar fixar pessoas é um trabalho muito grande, que tem de ser feito junto de quem sente necessidade de sair e de quem tem vontade de ficar. No meu primeiro mandato, em 1982, fizemos um programa de venda de lotes de terreno para que jovens casais naturais de Penalva se fixassem, cabendo à Câmara a tarefa de urbanizar o terreno onde se fixaram 20 e tal casais: penso que é assim que se conseguem manter as pessoas", exemplificou.

Caso seja eleito, Gabriel Costa pretende "aproveitar os recursos da região e incentivar a sua transformação para criar postos de trabalho".

Sobre a sua equipa, apontou que está a ser "bem pensada", pois "arranjar pessoas com capacidade não é uma coisa que se faça por decreto".

O PS venceu as autárquicas de 2013 com 50,71% dos votos, conquistando três mandatos. Francisco Carvalho é o presidente do Município.

A coligação PSD-CDS/PP obteve 41,50% dos votos, o que lhe valeu dois mandatos.

As eleições autárquicas realizam-se a 01 de outubro.

Ler mais

Exclusivos